piemonte fm

sábado, 6 de junho de 2015

Polícia detém cinco suspeitos da morte de policial e mais dois morrem durante troca de tiros

De acordo com a polícia, a vítima estaria no posto abastecendo uma moto quando dois bandidos teriam chegado e anunciado um assalto ao estabelecimento

Polícia | Em 06/06/15 às 09h17, atualizado em 06/06/15 às 17h58 | Por Redação, com a colaboração de Cícero Araújo
Cícero Araújo
Material apreendido com suspeitos presos
As polícias Civil e Militar de Patos em uma ação conjunta conseguiram deter cinco suspeitos de assaltarem um posto de combustível em Patos na madrugada deste sábado (6) e assassinarem um policial militar que teria reagido. Mais dois foram atingidos por disparos durante troca de tiros e acabaram morrendo quando eram atendidos no hospital regional da cidade.

De acordo com informações do delegado Sílvio Rabelo, as prisões aconteceram na manhã deste sábado (6) nos municípios de São José do Bonfim e Teixeira, na Região de Patos.
No total são sete suspeitos de envolvimento no crime, três são de maior e estão presos, dois são menores e foram apreendidos e outros dois morreram durante o confronto com a polícia.
Silvio Rabelo disse que os suspeitos fariam parte uma quadrilha responsável pela realização de assaltos, assassinatos e arrombamentos a caixas eletrônicos com atuação também no estado de Pernambuco. 
O comandante do 3º Batalhão da PM, Francisco Campos, informou que foram apreendidos com os suspeitos presos duas espingardas calibre 12, um delas utilizada para matar o policial militar, a motocicleta da vítima, parte do dinheiro roubado e ainda vestimentas e capuzes.
Campos disse que os suspeitos atingidos na troca de tiros foram levados ainda com vida para o Hospital Regional de Patos, mas não resistiram e acabaram morrendo.
O policial militar Ubirajara Moreira Dias, que era conhecido por Bira, foi morto durante assalto no momento em que abastecia a motocicleta  num posto de combustíveis localizado no Bairro do Monte Castelo, em Patos.
Dois bandidos teriam chegado e anunciado o assalto ao estabelecimento e quando o militar percebeu a ação criminosa teria tentado reagir, mas fora rendido.

Os criminosos teriam levado o policial e funcionários do posto para uma das salas do local, onde houve o disparo que matou a vítima. Os criminosos fugiram, roubando o dinheiro, a moto e a arma da vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário