piemonte fm

terça-feira, 19 de maio de 2015

Romero critica governador por suspender gastos com o São João

Ricardo Coutinho assinou decreto nesta terça suspendendo por 60 dias gastos com eventos culturais

Mais política | Em 19/05/15 às 13h50, atualizado em 19/05/15 às 13h58 | Por Redação
Divulgação
Romero Rodrigues
O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), lamentou nesta terça-feira (19) a determinação do governador Ricardo Coutinho (PSB) de suspender gastos com eventos culturais por 60, como o São João. A decisão foi publicada na edição desta terça no Diário Oficial do Estado.


O tucano, que comanda o Maior São João do Mundo, criticou o argumento usado pelo governador para suspender o auxílio para as festas juninas. “Ele buscou na crise hídrica a desculpa para não ajudar o evento, então a gente só tem que lamentar. Eu acho que esse não é o problema. Se p problema de Campina Grande de falta de água fosse a questão do São João, a festa teria deixado de existir há muito tempo. Esse problema já enfrentamos em épocas passadas. Esse não é argumento”, declarou.

O prefeito lembrou que no ano passado o governador investiu em festas juninas paralelas a da prefeitura e que a mudança esse ano “deixa transparecer que a ação foi interessante por conta das eleições”. “Esse não tem eleições, então se não investir o problema é zero, porque não é um ano eleitoral”, ironizou.

De acordo com o decreto, “ficam suspensas, pelo prazo de 60 dias, a contar da publicação deste decreto, as despesas públicas para quaisquer beneficiários com finalidade de patrocínio e de apoio à realização de festividades, eventos culturais, solenidades, confraternizações, festas, enfeites, presentes e outras situações similares, ressalvados os casos relacionados às ações governamentais. As disposições contidas neste artigo não se aplicam aos serviços públicos essenciais das áreas de saúde, segurança e educação, desde que a prática de tais atos esteja condicionada à existência de disponibilidade orçamentária e financeira”, diz o decreto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário