piemonte fm

domingo, 22 de fevereiro de 2015

'Tentaram me subornar', diz PM que abordou trio suspeito de roubo na PB

Sargento disse que suspeitos lhe ofereceram joias roubadas. 

Eles foram abordados pelo policial em Jacarapé, após assaltar joalheria.

Do G1 PB
O trio detido na noite da quinta-feira (19), suspeito de assaltar uma joalheria no bairro de Manaíra, em João Pessoa, tentou subornar o sargento da Polícia Militar que realizou a prisão do grupo na praia de Jacarapé, em João Pessoa. O sargento estava de folga, andando de bicicleta, quando realizou a abordagem.

O policial militar contou em entrevista à TV Cabo Branco que após render os suspeitos, eles lhe ofereceram os produtos roubados em troca de continuarem a fuga. "Me ofereceram as joias e tudo que estava no carro, mas eu disse para eles: Negativo!", ressaltou o sargento. Ele tem 25 anos de atividade e integra o Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM.  Os adolescentes detidos não vão ser liberados, segundo a promotora da infância, Ivete Arruda.
De acordo com o capitão Antônio, a ação policial começou quando uma pessoa acionou os PMs que estavam em uma cabine próxima ao empresarial e ao shopping, informando sobre um assalto a joalheria. Os policias foram até o local indicado, mas ao subirem as escadas eles presenciaram os assaltantes com duas reféns ameaçando atirar nelas, caso eles se aproximassem. Em seguida, fugiram com as reféns, em um veículo roubado em uma rua próxima do empresarial. Minutos depois um jovem foi morto a poucos metros de onde ocorreu o crime.
O delegado de Roubos e Furtos, Walter Brandão, confirmou que o jovem morto tinha participação no grupo suspeito do assalto. O corpo do jovem foi liberado pelao Instituto de Polícia Científica (IPC) às 12h desta sexta-feira. Ele será velado na Central de Velórios Paraíba, no bairro de Cruz das Armas e será enterrado às 09h do sábado (21), no cemitério São José, no mesmo bairro.
O momento da prisão dos suspeitos ocorreu, segundo o sargento, quando ele estava de folga e andando de bicicleta próximo onde o carro usado na fuga do trio foi encontrado. Segundo o PM ele percebeu uma movimentação suspeita. "Eu comentei com um amigo que estava achando estranho, um carro que não estava conseguindo sair. Poderia ser um sequestro de um pai de família", contou. Mesmo sem a ajuda do amigo, o sargento decidiu fazer a abordagem ao veículo sozinho. Ao chegar onde estavam os suspeitos ele perguntou se precisavam de ajuda.
"Perguntei se precisavam de ajuda e disseram que sim. O carro tinha um vidro fumê e de início não dava para identificar quantos tinham. Apesar disto, eles abriram o vidro e eu vi que eles estavam armados. Me apresentei como policial e puxei a arma. Eles tentaram reagir, eu tive que ser mais enérgico, mandei que eles saíssem do carro e deitassem no chão", relatou. Depois disto, o sargento ligou para a polícia solicitando apoio.
Após a prisão, o homem foi encaminhado à Central de Polícia e os dois adolescentes à Delegacia da Infância e Juventude, ambas na capital paraibana. A promotora de infância e juventude, Ivete Arruda, contou à Tv Cabo Branco que há provas suficientes para que os adolescentes não sejam liberados. Nesta sexta-feira (20) ela ouviu a adolescente suspeita de participação no assalto. Na oportunidade, a adolescente confirmou sua participação. Além disto, relatou ser usuária de drogas desde os 12 anos e por isto realiza crimes para manter o vício."Há algum tempo ela já realiza essas ações", disse Ivete.
De acordo com a promotora, a adolescente ainda contou que o mais velho do trio, o que estava vestido com uma farda da Polícia Militar, era seu amigo há anos e o chamava carinhosamente de pai. Outra informação importante dado pela adolescente a promotora, foi de que outras duas pessoas, além dos que já foram detidos e do jovem morto, participaram do crime, mas estão foragidos. O outro adolescente ainda será ouvido e em seguida será realizada um confronto entre os depoimentos dos dois.
Policiais militares também relataram ter informações sobre os veículos usados pelos suspeitos para realizar o crime. Foram duas motocicletas roubadas, que foram encaminadas à Delegacia de Roubos e Furtos de João Pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário