RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Dois motociclistas morrem e 4 pessoas ficam feridas em graves colisões em rodovias da PB

Primeiro acidente ocorreu na BR-230, onde um motociclista se chocou com carro ao invadir pista; excesso de velocidade pode ter motivado o segundo, no Litoral Sul do estado
Cidades | Em 17/07/14 às 20h21, atualizado em 18/07/14 às 00h05 | Por Gustavo Medeiros
Reprodução/O Cabuloso
Veículos envolvidos na colisão
Dois graves acidentes envolvendo motocicletas ocorreram nesta quinta-feira (17), na Paraíba. No km 118 da BR-230, no sentido Campina Grande-João Pessoa, nas proximidades do município de Ingá, a 84 km da Capital, um motociclista morreu e um casal ficou ferido no período da tarde. Na Microrregião do Litoral Sul da Paraíba, na PB-034, que liga as cidades de Alhandra e Caaporã, a 32 e 45 km de João Pessoa, respectivamente, uma batida frontal entre duas motos deixou um morto e dois feridos.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o agente Ket, da Polícia Rodoviária Federal, a vítima do primeiro acidente fatal, um desempregado de 42 anos, havia saído de um lugarejo próximo, de acordo com as informações que pôde apurar, e estaria se dirigindo à residência dele. “Ele saiu conduzindo uma mobilete artesanal e realizou um retorno por uma via improvisada no canteiro central da BR-230. Ao chegar ao outro lado da rodovia, entrou 'de vez' e se chocou com um automóvel Ford Fiesta prata, que seguia no mesmo sentido e levava um casal”, disse o agente.

Com o impacto, o homem, que, segundo informações de moradores transmitidas à PRF, estaria bebendo momentos antes, veio a falecer. A colisão deixou a mobilete destruída e afetou bastante o veículo, que chegou a sair da pista e capotar. A PRF informou que os ocupantes sofreram apenas escoriações leves, tendo sido atendidos no local pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. "É provável que seja declarada ‘perda total’ no carro".
Agentes do Instituto de Polícia Científica estiveram no local e o corpo foi direcionado ao Instituto Médico Legal de Campina Grande. Nenhum parente do desempregado se fez presente. “O IML fará as devidas averiguações e dirá, apenas daqui a 30 dias, se o homem estava alcoolizado no momento que provocou o acidente”, completou Ket.
A segunda colisão aconteceu durante a noite. Segundo o sargento Ferreira, da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar de Alhandra, o fato ocorreu nas proximidades do povoado de Cupissura, que é distrito de Caaporã. “Um jovem de 21 anos, eletricista, condutor de uma Honda Bros morreu ao se chocar com uma Honda Pop 100, com dois ocupantes, tendo ambos 18 anos.”, disse o sargento. 

Segundo a PM, o impacto foi tão grande que as motos, ambas vermelhas, foram jogadas em lados opostos da pista. “A rodovia é um caminho asfaltado no meio de um canavial. Não há iluminação ou sinalização suficientes”, comentou Ferreira, que acrescentou que a hipótese levantada até o momento como motivação para o acidente é a de alta velocidade ao trafegar.

Os feridos foram direcionados ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital. A instituição ainda não havia divulgado o estado de saúde deles até o fechamento desta matéria.

O IPC também esteve no local e o corpo seria enviado à Gemol de João Pessoa para necropsia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário