RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

terça-feira, 17 de junho de 2014

Mãe e padrasto espancam criança de cinco anos em Guarabira

Após queixas da menor, a avó paterna fez a denúncia ao Conselho Tutelar e está com a guarda provisória; mãe da criança e padrasto negam as acusações
Polícia | Em 16/06/14 às 23h27, atualizado em 17/06/14 às 00h09 | Por Redação
TV Correio HD
Marcas das agressões
Uma criança de apenas cinco anos de idade, moradora no Conjunto Mutirão, em Guarabira, a 100 km de João Pessoa, sofreu espancamento pela própria mãe e pelo companheiro dela, na noite da última sexta-feira (13). O fato só foi divulgado pela polícia nesta segunda-feira (16). A violência aplicada contra a menina ficou bastante evidente, visto que a mesma ficou com vários hematomas e arranhões espalhados pelo corpo, pernas e rosto.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A avó paterna da criança, que fez a denúncia e está com a guarda provisória, disse que o padrasto e a própria mãe da menor usaram um cinto e as unhas para agredi-la. Segundo ela, após o espancamento, os acusados maquiaram a vítima para que ninguém pudesse perceber as marcas das agressões.

A menina disse aos avós paternos que os acusados a agrediram apenas porque ela não queria dormir. Ela também relatou que eles desenharam uma tatuagem de coração e de uma rosa nas suas nádegas, usando uma caneta, para que outros hematomas fossem cobertos.

O Conselho Tutelar foi acionado, através do conselheiro Luiz Dantas. O caso foi encaminhado para a Polícia Civil, que fará a investigação. Mãe e padrasto negam as acusações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário