quarta-feira, 14 de maio de 2014

Mulher nega dinheiro e é estuprada em consultório odontológico no Agreste

De acordo com Malon Cassimiro, o suspeito já foi identificado pela polícia e reconhecido pela vítima
Polícia | Em 14/05/14 às 08h59, atualizado em 14/05/14 às 09h09 | Por Redação
Reprodução/Wikipedia
Esperança
Uma mulher de 36 anos sofreu estupro nessa terça-feira (13), no município de Esperança, a 156 quilômetros de João Pessoa, na região do Agreste.
Segundo informações da Polícia Militar, do 10º BPM, ela estava trabalhando em um consultório odontológico, quando um homem chegou perguntando pelo dentista e pedindo dinheiro a vítima. Após ela negar o dinheiro, ele a ameaçou com uma faca. Ao perceber que ela estava sozinha, ele a conduziu ao banheiro da clínica, onde praticou o estupro.
Após o crime, ele a deixou trancada no banheiro e só algumas horas depois, uma amiga dela conseguiu localizá-la e destrancá-la.
De acordo com o delegado Malon Cassimiro, titular da Delegacia de Esperança, a vítima foi encaminhada para o Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC) em Campina Grande para realizar exames que comprovem o estupro. O delegado disse que a mulher informou que o suspeito não chegou a consumar o crime.
A polícia já está com as imagens do circuito interno das câmeras de segurança do local. De acordo com Malon Cassimiro, o suspeito já foi identificado pela polícia e reconhecido pela vítima.
O suspeito fugiu com direção ao município de Remígio num veículo SVU Chevrolet Veraneio. Uma ronda foi realizada na região, mas a polícia não conseguiu localizá-lo até a manhã desta quarta-feira (14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário