quinta-feira, 15 de maio de 2014

Manifestantes voltam a protestar por morte de homem e fecham Ruy Carneiro, em João Pessoa

Algo semelhante já havia sido feito na quarta-feira; na ação, os grupos queimaram pneus e madeiras, impedindo o fluxo do trânsito nos dois sentidos da via
Cidades | Em 15/05/14 às 19h14, atualizado em 15/05/14 às 20h08 | Por Redação
Reprodução/Instagram/Emerson Machado
Protesto na Ruy Carneiro
Um grupo formado por aproximadamente 200 pessoas interditou a Avenida Senador Ruy Carneiro, em João Pessoa, no início da noite desta quinta-feira (15). Os manifestantes pedem justiça pela a morte de um morador do bairro São José, localizado na Zona Leste da capital paraibana. As duas vias da avenida estão bloqueadas e o trânsito é desviado pelas proximidades da subestação da Energisa.
De acordo com informações do 1º Batalhão da Polícia Militar, as autoridades policiais ainda não foram acionadas para intervir no protesto, apesar de terem sido informadas de que os manifestantes estão alterados e já atearam fogo no local.
"Estamos respeitando o direito que todo cidadão tem de protestar, desde que respeitem os limites da pacificidade. Até agora não recebemos autorização para intervir na manifestação", informou o sargento Aurício. 
Um protesto semelhante já havia sido realizada na quarta-feira (14), no mesmo local. Na ação, os manifestantes queimaram pneus e madeiras, impedindo o fluxo do trânsito nos dois sentidos da via. O congestionamento acabou se estendendo para a Avenida Epitácio Pessoa.
A Secretaria de Segurança havia enviado uma nota, explicando como ocorreu a abordagem policial no caso do homem que morreu naquele bairro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário