RADIO PIEMONTE FM

piemonte fm

segunda-feira, 17 de março de 2014

Polícia Civil instaura inquérito para apurar morte de mulher arrastada por viatura no Rio

Do R7
Claudia foi atingida durante tiroteio no domingo (16)Reprodução Rede Record
A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Claudia Silva Ferreira. Ela foi baleada durante confronto entre policiais militares e criminosos, no domingo (16), em Madureira. Segundo testemunhas, após ser socorrida e "jogada" no porta-malas da viatura, ela foi arrastada pelo carro, presa por uma peça de roupa.
Os investigadores solicitaram imagens feitas por um cinegrafista amador que mostra o momento em que a vítima é arrastada. Os três PMs que estavam no carro, todos já presos pela corporação, prestarão depoimentos. Familiares e testemunhas também serão ouvidos.
Segundo o Batalhão de Rocha Miranda (9º BPM), os três tiveram a prisão determinada imediatamente. Foi aberto também um Inquérito Policial Militar (IPM) contra eles.   Segundo o comandante da unidade, tenente-coronel Wagner Moretzsohn, os policiais, dois subtenentes e um soldado, resgataram a vítima na rua Joana Resende e a colocaram dentro do porta-malas da viatura. No caminho para o Hospital Carlos Chagas, o porta-malas se abriu e parte do corpo da moradora foi arrastado, causando mais ferimentos à vítima. 
Uma perícia será feita na viatura pelo Centro de Criminalística da PM. O caso está sendo investigado pela 29ª DP (Madureira) e pela 2ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM). 
O comando da Polícia Militar esclarece que este tipo de conduta não condiz com um dos principais valores da corporação, que é a preservação da vida e dignidade humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário