piemonte fm

domingo, 5 de abril de 2015

Pesquisa indica que 502 mil pessoas sobrevivem de negócios na BR-230, na PB


Pesquisa do Sebrae aponta que às margens da rodovia em 25 cidades existem 38.498 empresas

Economia | Em 05/04/15 às 09h59, atualizado em 05/04/15 às 10h06 | Por Jornal Correio da Paraíba
Portal Correio
BR-230
A BR 230, conhecida como rodovia Transamazônica, representa o principal eixo de circulação de pessoas e mercadorias entre os polos econômicos da Paraíba. No entanto, o que poucos param para verificar é que homens, mulheres e até crianças de pequenas cidades sustentam as famílias trabalhando em restaurantes, lanchonetes, lojas ou comercializando frutas, artesanato e outras iguarias à margem da rodovia.



O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas na Paraíba (Sebrae-PB) elencou 25 cidades paraibanas às margens da BR, nas quais mais de 500 mil empreendedores vivem do comércio, em 38.498 empresas.

Nas cidades de Ingá, Riachão do Bacamarte, Soledade, Juazeirinho, Junco do Seridó, Santa Luzia, São Mamede, Patos, Malta, São Bentinho, Pombal e Aparecida, que fazem parte da rota da BR no sentindo Litoral - Sertão, aproximadamente 24.621 pessoas vivem dos negócios, número que deve ser muito maior, considerando os comerciantes informais que vendem neste percurso e que não participam desta estatística de empreendimentos formais.

Leia a matéria completa na edição deste domingo (5) do Jornal Correio da Paraíba.

Pesquisa do Sebrae aponta que às margens da rodovia em 25 cidades existem 38.498 empresas

Nenhum comentário:

Postar um comentário