piemonte fm

sábado, 28 de março de 2015

Um mês após morte do radialista Ivanildo Viana, polícia ainda não tem suspeitos

Radialista foi morto a tiros na BR-230, na Grande João Pessoa, após sair do trabalho. Últimas informações da polícia eram sobre análise de câmeras de segurança próximas ao local do crime

Polícia | Em 28/03/15 às 08h20, atualizado em 28/03/15 às 08h36 | Por Redação
Reprodução/Facebook
Radialista foi morto
Um mês após o assassinato do radialista Ivanildo Viana, o caso continua sem solução. O radialista foi morto a tiros na BR-230, na Grande João Pessoa, após sair do trabalho. Mesmo com a mudança na delegacia responsável pela investigação, a Polícia Civil ainda não encontrou suspeitos do crime.

 

As últimas informações da polícia sobre o caso foram repassadas no dia 7 de março, quando o delegado responsável pela investigação, Aldrovilli Grisi, relatou a TV Correio HD que câmeras de segurança de um local próximo ao crime estariam sendo verificadas.

O computador pessoal de Ivanildo Viana foi retirado da casa dele e entregue a Polícia Civil para análise e tentativa de descobrir algum dado que possa elucidar ou ajudar nas investigações.

Portal Correio tentou contato com o delegado Aldrovilli Grisi, com o delegado seccional de Santa Rita, Everaldo Medeiros, e com o Núcleo da Delegacia de Homicídios de Santa Rita para conseguir novas informações sobre o caso, mas não teve as ligações atendidas até o fechamento desta matéria.
Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário