piemonte fm

sábado, 7 de março de 2015

DEPUTADO AGUINALDO RIBEIRO DEMONSTRA TRANQUILIDADE E DEFENDE INVESTIGAÇÃO

LAVA JATO: citado em lista, Aguinaldo Ribeiro demonstra tranquilidade e defende investigação

LAVA JATO: citado em lista, Aguinaldo Ribeiro demonstra tranquilidade e defende investigação
Citado entre os envolvidos na operação Lava Jato, em lista divulgada na noite desta sexta-feira (06), o deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeito (PP), que é ex-ministro do Ministério das Cidades, emitiu um comunicado à imprensa, ainda durante a noite, para se pronunciar sobre a citação de seu nome e dizer que estava tranquilo quanto às investigações.

O paraibano é o único representante da Paraíba citado na lista. Além dele, o senador Lindeberg Farias, que atual pelo Rio de Janeiro, mas é natural da Paraíba, também foi citado entre os supostos envolvidos no esquema de corrupção na Petrobrás.

Conforme o parlamentar, o processo  específico que cita o meu nome foi mandado arquivar pelo Ministério Público Federal por absoluta falta de elementos.

Confira o comunicado emitido por Aguinaldo sobre o assunto. 


LAVA JATO: Aguinaldo Ribeiro demonstra tranquilidade e defende investigação



O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) se pronunciou na noite desta sexta-feira (06) a respeito da citação do seu nome na lista de possíveis suspeitos denunciados pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot na Operação "Lava Jato"

Aguinaldo demonstrou tranquilidade, informou que o processo que inclui o seu nome foi mandado arquivar, assim como os que citavam os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Ciro Nogueira (PP-PI) e Romero Jucá (PMDB-RR) e defendeu a investigação para o caso.

“O processo específico que cita o meu nome foi mandado arquivar pelo Ministério Público Federal por absoluta falta de elementos enquanto que a outra parte que não foi arquivada eu não tenho conhecimento sobre o caso e irei aguardar o momento oportuno para me pronunciar, só adianto que em 2010 eu era deputado estadual e nem era conhecido nacionalmente. Todavia, prefiro aguardar o teor do inquérito, não tenho nada a temer e acima de tudo defendo a investigação de todas as denúncias” declarou.




PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário