piemonte fm

sábado, 7 de março de 2015

MESMO EM RECESSO NA CÂMARA,DEPUTADO BENJAMIN MARANHÃO USOU R$ 30 MIL REAIS PARA DIVULGAR ATIVIDADES

POSTAGEM:SÁTIRO COELHO AYRES
SOL E MAR: mesmo de recesso na Câmara, deputado paraibano usou R$ 30 mil para divulgar atividades
Todos sabem que a divulgação da atividade parlamentar é direito de todo e qualquer representante da sociedade no Legislativo, ainda mais quando falamos da bancada federal paraibana em Brasília, que se comparada com legislaturas passadas vem desempenhando bem o seu papel.  

Porém analisando detalhadamente os gastos da bancada com o “Cotão” os gastos do deputado federal reeleito Benjamin Maranhão (PMDB) chamaram a atenção em especial no mês de janeiro, período de recesso parlamentar, tempo em que todos os parlamentares usam para viajar, curtir férias e descansar nas suas bases eleitorais.  

Só que o deputado de Araruna, quis mostrar serviço e utilizou R$30.000,00 no mês de janeiro para divulgação de suas atividades parlamentares, números que chamam a atenção quando comparados com outros deputados paraibanos que foram reeleitos:  Hugo Motta (PMDB) utilizou R$6.600, Wlson Filho (PTB) R$4.500,00, Luis Couto (PT) R$ 1.000,00, enquanto od deputados:Damião Feliciano (PDT), Aguinaldo Ribeiro (PP) e Efraim Filho (DEM) não utilizaram o “Cotão’ no mês de janeiro paradivulgação de atividade parlamentar.  

ENTENDA: Todo mês os cofres públicos bancam gastos que os 581 congressistas dizem ter feito no estrito exercício de sua atividade parlamentar.. São permitidas despesas com aluguel de escritório, de carro, gasolina, telefone, alimentação, entre outros.Tanto a Câmara quanto o Senado conferem apenas se o custo que o parlamentar diz ter tido se enquadra nas regras de reembolso, portanto se tornando uma verba de livre arbítrio para o deputado.


 

Redação

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário