piemonte fm

segunda-feira, 23 de março de 2015

Campinense vence clássico contra o Botafogo e Auto goleia o Sousa no Almeidão

Com a vitória, a Raposa entrou no G-4 do Paraibano, já o Belo caiu para a quinta colocação. Em João Pessoa, o Auto Esporte goleou o Sousa por 4x0 e, mesmo em crise financeira, chegou à vice-liderança

Paraibano | Em 22/03/15 às 18h00, atualizado em 22/03/15 às 18h06 | Por Redação
Reprodução
Amigão, Campina Grande
O Campinense venceu por 2x0 o clássico contra o Botafogo, em Campina Grande, no estádio Amigão, e entrou no G-4 do Paraibano. Com a derrota o Belo caiu para a quinta colocação. Já em João Pessoa, o Auto Esporte goleou o Sousa por 4x0 e, mesmo em crise financeira, chegou à vice-liderança no estadual. 

Veja a tabela de classificação do Campeonato Paraibano

Em Campina Grande, o primeiro tempo de jogo foi morno. Melhor durante os cinco primeiros minutos da partida, o Botafogo iniciou atacando, mas desperdiçou uma oportunidade com o meia Chapinha, que de cara para o gol chutou para fora.



Aos nove minutos, em cruzamento de Lucas Mendes, o atacante do Rafael Oliveira cabeceou na trave, na melhor oportunidade do Botafogo em todo o primeiro tempo. A partir dos dez minutos, o Campinense conseguiu equilibrar a posse de bola, teve mais organização, mas pecou na criação das jogadas e não finalizou bem.

No segundo tempo, o Botafogo voltou melhor e teve mais posse de bola. Com as alterações feitas pelo técnico Marcelo Vilar, o meio campo acertou mais passes e levou perigo ao gol do Campinense.

Aos treze minutos, o volante Hercules chutou de longe e aos quinze minutos, em um outro chute, ele assustou a defesa do Campinense e quase abriu o placar para o Botafogo.

Sentindo o cansaço, os jogadores do Campinense não puderam manter o ritmo de jogo do primeiro tempo, mas conseguiram boas jogadas a partir das mudanças do técnico Francisco Diá. 

Em boa jogada aos 27 minutos, o Campinense abriu o placar. Alvinho chutou, a bola desviou no zagueiro Roberto Dias, encobriu o goleiro Genivaldo e entrou no gol.

Aos 34 minutos a Raposa chegou ao segundo gol. Em saída errada do meia Bismarck, Reginaldo Júnior tomou a bola, passou para Luis Fernando que avançou e chutou para marcar.

Apático e sentindo os gols, o Botafogo não conseguiu boas jogadas e apenas esperou o fim do jogo.

Auto Esporte x Sousa

Em João Pessoa, o Auto abriu o placar aos 40 segundos do primeiro tempo em um chute de longe do lateral esquerda Felipe Ramon. A partir dos cinco minutos o Sousa equilibrou a posse de bola, mas não teve objetividade ofensiva.

Aos quarenta minutos Léo Olinda perdeu um gol feito e desperdiçou a chance de aumentar o placar. Porém aos 45, em cruzamento de Léo Olinda, um jogador do Sousa desviou a bola para o próprio gol e fez o segundo do Auto Esporte.

No segundo tempo o Auto Esporte continuou ofensivo e teve chances de fazer o terceiro gol. Já o Dinossauro permaneceu acuado e não conseguiu assustar a defesa do Auto.

Aos 27 minutos, o Auto Esporte conseguiu o terceiro gol em jogada pela esquerda. O atacante Rafael Freitas cabeceou e marcou o gol.

Aos 42 minutos Léo Lima marcou mais um para o Auto Esporte. Ele avançou, driblou a zaga e marcou um belo gol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário