piemonte fm

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Carros batem em JP, um deles capota e testemunhas culpam mudanças no trânsito

Batida aconteceu, segundo pessoas que estiveram no local, quando agentes já não estariam mais coordenando o trânsito no cruzamento; Semob disse que profissionais estão escalados para os três turnos

Cidades | Em 10/02/15 às 19h57, atualizado em 10/02/15 às 22h45 | Por Gustavo Medeiros
Reprodução/Instagram/moficorreio
Condutores não sofreram ferimentos
Uma batida entre dois automóveis terminou com o capotamento de um deles na Avenida João Machado, no Centro de João Pessoa, por volta das 18h desta terça-feira (10), comprometendo o tráfego na região. Os condutores dos veículos, um Ford Fiesta branco e um Fiat Siena preto, não ficaram feridos. No local do acidente, houve uma mudança no trânsito que passou a impossibilitar uma conversão à esquerda para a Avenida Diogo Velho, no sentido Jaguaribe. Os motoristas devem agora dobrar à direita e contornar um quarteirão. 


Segundo testemunhas, o motorista do Fiesta, desavisado quanto às alterações, acabou dobrando à esquerda, colidindo com o Siena, que vinha na direção contrária, e capotou. Os dois veículos também se chocaram com o muro da Procuradoria Geral do Estado.

Pessoas que estiveram no local informaram que agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa estiveram no cruzamento durante o dia para alertar os motoristas sobre os novos procedimentos. No entanto, no fim da tarde, os profissionais teriam encerrado as atividades e deixado apenas cones de sinalização no local. A Semob desconhecia esse fato.

Os motoristas envolvidos se queixaram pela falta de uma maior campanha de conscientização e pediram que as ações dos agentes continuassem no local.

A Semob já havia informado que as mudanças procuram dar maior fluidez ao trânsito e que agentes permaneceriam orientando os motoristas nos primeiros dias.
O Superintendente da Semob, Roberto Pinto, disse que a entidade escalou agentes para os três turnos do dia no local, sendo dois profissionais em cada um. Além disso, já foram colocadas placas refletivas que proíbem a conversão à esquerda.

“Eu determinei ao diretor de operações que o trabalho tivesse a duração mínima de 15 dias no local, que é o padrão quando fazemos mudanças no tráfego”, disse Roberto, acrescentando que a Semob fará uma averiguação e procurará saber se os agentes cumpriam o serviço no momento da colisão. Batida aconteceu, segundo pessoas que estiveram no local, quando agentes já não estariam mais coordenando o trânsito no cruzamento; Semob disse que profissionais estão escalados para os três turnos

Nenhum comentário:

Postar um comentário