piemonte fm

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Vídeo mostra jovem sendo espancada e tendo cabelo cortado a faca na Paraíba

Segundo o major Pablo Cunha, comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar da cidade, a ordem para o espancamento veio de um dos presídios da Capital

Polícia | Em 15/01/15 às 09h04, atualizado em 15/01/15 às 11h23 | Por Redação
Reprodução
Mulher tenta cortar cabelo com faca
Um vídeo divulgado nas redes sociais nesta quinta-feira (15) mostra duas mulheres espancando e cortando o cabelo de uma jovem com uma faca. Um capacete é usado para agredir a vítima. As imagens da agressão foram gravadas no bairro Camboinha III, na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. A ordem para o espancamento veio de um dos presídios da Capital, conforme informou ao Portal Correio, o major Pablo Cunha, comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar da cidade. (Vídeo abaixo). 
Segundo a Polícia Militar, as duas mulheres que aparecem no vídeo - que teria sido feito nesta semana - seriam ligadas a traficantes da comunidade. A cena de brutalidade foi gerada porque a jovem teria contribuído com autoridades policiais no combate ao tráfico, o que ocasionou a prisão de um suposto chefe do tráfico. Nas imagens é possível ouvir gritos de socorro da vítima dizendo: “não faz isso não, por favor! Eu não fiz por maldade não!”. O delegado titular da 7ª Delegacia Distrital, Ademir Fernandes está à frente das investigações. 
“A gente já está em diligências para prender as duas mulheres. Antes do vídeo ser divulgado nas redes sociais, nossa equipe já estava com o material analisando. Todas já foram identificadas e a ordem veio do presídio. Infelizmente, a agressão tem relação com o tráfico de drogas onde muitas pessoas que moram nessas localidades são agredidas e expulsas de suas casas. Mas, a inteligência das Polícias Civil e Militar está em campo para prender as acusadas pelo espancamento a qualquer momento”, confirmou o major Pablo

Nenhum comentário:

Postar um comentário