piemonte fm

domingo, 28 de dezembro de 2014

Vereador é suspeito de agredir médico dentro de emissora de rádio na Paraíba

Segundo o delegado plantonista de Monteiro, Luiz Xavier, o médico conhecido como ‘Dr. Júnior’, prestou queixa contra o vereador depois de ter sido agredido fisicamente pelo político durante uma entrevista

Polícia | Em 28/12/14 às 10h32, atualizado em 28/12/14 às 10h50 | Por Hyldo Pereira
Portal Correio
Naldo Soldado ( esq.) Dr. Júnior (Dir.)
O vereador do município de Ouro Velho, no Cariri do estado, Naldo Soldado (PMDB), está sendo acusado de agredir um médico dentro de um estúdio de uma emissora de rádio comunitária da cidade. O caso ocorreu nesse sábado (27). Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Monteiro, na mesma região.Clique aqui e confira o vídeo que circula nas redes sociais que mostra o momento da briga.
Segundo o delegado plantonista de Monteiro, Luiz Xavier, o médico conhecido como ‘Dr. Júnior’, prestou queixa contra o vereador depois de ter sido agredido fisicamente pelo político durante uma entrevista na emissora local.
“O médico relatou que estava sendo entrevistado quando foi agredido pelo vereador a murros. A versão do político foi de que estava dentro do estúdio quando começou a ser insultado pelo médico. Ele ( vereador) disse que foi revidar quando foi agredido pelos partidários do médico”, explicou o delegado.
O vídeo feito no momento da agressão mostra o médico falando sobre o cenário político local e o resultado das eleições 2014, quando começa responder a supostas críticas feitas pelo vereador, em outra ocasião. O parlamentar reage e agride o médico.
O delegado disse que o médico foi submetido a exame de corpo de delito e comprou lesões leves. “Quando o Dr. Júnior chegou na delegacia, ele estava com a camisa rasgada e com marcas de agressões. O resultado do exame deu lesões leves. O vereador informou que sofreu um acidente quando tentava fugir dos correligionários do médico. Naldo teve algumas escoriações e foi internado no hospital local, mas passa bem”, disse.
Ainda de acordo com Luiz Xavier, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), onde o vereador vai responder por lesões corporais leves e ameaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário