piemonte fm

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Prefeito da PB se envolve em colisão frontal e motociclista sofre ferimento grave

.

Polícia Militar e testemunhas informaram que condutor da motocicleta teria invadido o sentido contrário, chocando-se com o veículo conduzido pelo gestor

Cidades | Em 10/11/14 às 21h31, atualizado em 10/11/14 às 23h06 | Por Gustavo Medeiros
Divulgação
Rio Tinto
O prefeito Manuel Messias Rodrigues, do município de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba, a 92 km de João Pessoa, envolveu-se em uma colisão frontal com um motociclista na aldeia Monte Mó (Vila Regina), na cidade vizinha de Rio Tinto, na noite desta segunda-feira (10). 


O gestor municipal trafegava sozinho em um automóvel Chevrolet Cobalt, que pertence à prefeitura. O outro veículo envolvido foi uma Honda Pop, que colidiu com o lado direito da frente do carro, fazendo com que o condutor, de cerca de 50 anos, sofresse uma fratura exposta na perna direita.

Segundo o Cabo Albuquerque, da Polícia Militar de Rio Tinto, o prefeito seguia no sentido de Baía da Traição, quando o motociclista invadiu o sentido contrário da pista, causando a colisão na via, que é pavimentada e se encontra em perímetro urbano.

“O Samu foi acionado e prestou socorro ao motociclista, fazendo o direcionamento do mesmo para o Hospital de Trauma de João Pessoa”, contou o policial, acrescentando que, com o impacto, Manuel Messias, que não sofreu ferimentos, teve uma alta na pressão arterial e necessitou de atendimento no Hospital Municipal de Rio Tinto, onde foi medicado e liberado. Ele passa bem.

De acordo com o assessor administrativo da prefeitura de Baía da Traição, Eliabe Félix, que esteve no local, o homem apresentava sinais de embriaguez. 

“A esposa e a filha se fizeram presentes e afirmaram que já estavam esperando que algo do tipo acontecesse, devido ao alcoolismo”, disse o assessor. Ele ainda informou que um filho do acidentado esteve no local e levou a moto para a residência da família, tentando, talvez, esconder alguma prova de que o pai conduzia o veículo de maneira incorreta e perigosa. Conforme Eliabe, peritos tiveram que ir até a casa para ter contato com a motocicleta e levantar dados.
A assessoria de imprensa do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena ainda não havia divulgado boletim médico informativo sobre o estado de saúde do acidentado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário