piemonte fm

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Candidato ao Senado deixa diplomacia de lado e ataca dois adversários de uma só vez


Candidato ao Senado deixa diplomacia de lado e ataca dois adversários de uma só vez
Faltando poucos dias para a disputa eleitoral em 2014, o candidato ao Senado Federal Wilson Santiago que figura na segunda posição de acordo com as últimas pesquisas, concedeu entrevista aoPB Agora nesta quarta (01), e teceu duras críticas aos seus dois principais concorrentes: o ex-governador José Maranhão (PMDB) e o petista Lucélio Cartaxo (PT).


"O Senado é um local que não podemos ter um representante que vá para lá se aposentar, deixando de trabalhar e indo dormir em plenário”, disparou Santiago, fazendo referência ao seu adversário, o presidente do PMDB Zé Maranhão.


Quanto a Lucélio Cartaxo, Wilson o definiu como imaturo.


“Ele é totalmente inexperiente, falta a ele aptidão para trabalhar com a coisa pública, ele não consegue transparecer segurança”, alfinetou Wilson.


Santiago também não perdeu a oportunidade de dizer que tem conquistado inúmeros apoios ao contrário de seus concorrentes diretos.


“Eu tenho mais prefeitos do PMDB me apoiando, mais de 20, do que o próprio candidato do partido deles”, sentenciou o presidente do PTB paraibano.


NÚMEROS: Segundo pesquisa Ipespe, do Jornal da Paraíba, numa eleição em que não há segundo turno, o ex-governador José Maranhão (PMDB) lidera com folga a corrida para o Senado da República. Se a eleição fosse hoje, ele teria 33% das intenções de voto. O peemedebista está com 19 pontos percentuais sobre o segundo colocado na pesquisa, o petista Lucélio Cartaxo (PT), que aparece com 14% das intenções de votos.


Na terceira posição vem o ex-senador Wilson Santiago (PTB), com 13%. Já os candidatos Walter Brito (PTC) e professora Leila (Pros) obtiveram 1% das intenções de votos, enquanto que Rama Dantas (PSTU) e Nelson Júnior (PSOL) não pontuaram. A pesquisa mostra ainda que 23% dos eleitores não sabem em quem votar para o Senado, enquanto que os votos nulos e brancos somam 14%.



PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário