piemonte fm

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Vasco empata em 1 a 1 com Treze, se classifica e tira Galo paraibano da Copa do Brasil

Próximo confronto do Vasco será contra o Oeste-SP, pelo Campeonato Brasileiro, no próximo sábado (10), às 16h20, em São Januário
Futebol | Em 08/05/14 às 00h06, atualizado em 08/05/14 às 01h37 | Por Vasco.com.br
Marcelo Sadio/vasco.com.br
Vasco contou com apoio da torcida, em casa
Com a apoio da sua torcida em São Januário, o Vasco empatou com o Treze-PB pelo placar de 1 a 1, e conquistou a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. No primeiro jogo, o Gigante da Colina derrotou o Treze-PB por 2 a 1, em Campina Grande, na Paraíba. Já na próxima etapa da competição, o Vasco enfrentará a Ponte Preta, em dois jogos com datas a serem definidas pela CBF.
O jogo

O jogo começou muito elétrico. A primeira jogada do Vasco aconteceu pelo pés do jovem atacante Yago, em boa jogada pela esquerda. Aos dois minutos de partida, o meia Douglas obrigou o goleiro Gilson a fazer uma boa defesa. Novamente ele, Douglas, cobrou boa falta aos 4 minutos, mas a bola passou pela barreira e foi pela linha de fundo.

Aos 6’, o garoto Marquinhos do Sul fez grande jogada pela esquerda, mas teve seu chute travado pela zaga paraibana. A equipe do Treze sentiu a pressão vascaína nos primeiros minutos e se fechou no seu campo de defesa, mas aos 10 minutos, num rápido contra-ataque, conseguiu arrumar uma boa falta fora de área. A bola acabou explodindo na barreira, mas o time da Paraíba conseguiu dar uma travada no domínio de jogo do Vasco.

Em uma cobrança de falta monumental do meia Douglas aos 17 minutos, o zagueiro Douglas Silva subiu mais que todo mundo e marcou o único gol vascaíno na partida e o primeiro dele com a camisa cruz-maltina. Vasco 1x0 Treze-PB.

Aos 22 minutos, no rebote do chute do atacante Thalles, o lateral Marlon perdeu uma grande chance de ampliar o placar para o Vasco.

O jogo ganhou uma nova dinâmica e ficou muito movimentado. Aos 31', o meia Danilo chutou forte de fora de área e o goleiro Gilson espalmou para frente. A bola caiu nos pés de Marquinhos, que colocou a bola para dentro, mas viu o bandeirinha anular o seu gol legal.

Em um lance isolado, o zagueiro Luan tentou recuar a bola para seu companheiro e acabou dando um passe para o atacante Jaílson, que aproveitou que o goleiro Martin Silva estava adiantado e chutou para o gol, empatando o jogo na Colina Histórica.

Depois do gol do time paraíbano, a partida ficou equilibrada com as duas equipes buscando o gol a todo momento.

Segundo tempo

Com a entrada de Aranda no lugar de Danilo, a partida recomeçou equilibrada. Aos 5’, Douglas cobrou falta com perigo, e na hora do chute, o zagueiro Luan escorregou desperdiçando boa oportunidade.

O Vasco aumentou pressão, mas o Treze manteve a boa marcação no meio de campo e obrigou os jogadores cruzmaltinos a finalizarem de fora de área. Marlon tentou aos 13’, mas não levou perigo ao gol do Treze.

O técnico Adilson fez mais uma mudança, e o atacante Marquinhos foi substituído para entrada do estreante Fabrício. O Vasco começou a desperdiçar grandes oportunidade de gols. Uma delas aconteceu aos 19’. Thalles passou para Fabrício, que de frente para o gol, acabou chutando para fora.

Aos 21’, Fernandes, lateral do Treze colocou a mão na bola em dividida com Yago e foi expulso. Com um a mais, o Treze sentiu a pressão vascaína.

O Gigante voltou a criar nos contra-ataques e aos 27’, o atacante Thalles sofreu falta dura pelo meio. Bastos cobrou bem mas Gilson fez boa defesa.

Aos 33 minutos, Fellipe Bastos foi substituído pelo meia-atacante Montoya. O Vasco com um jogador mais, passou a ter volume de jogo e também abusou das jogadas em velocidade.

Mas na pressão final da partida, Aos 41’, o Treze assustou o goleiro Martin Silva em jogada do zagueiro Arroz, que cabeceu muito perto da meta cruz-maltina. Yago respondeu no contra-ataque, mas desperdiçou a boa chance de decretar a classificação vascaína.

O time paraibano tentou marcar em boa jogada de bola parada, mas a zaga vascaína esteve bem posicionada. Nos minutos finais, o Vasco voltou a buscar as jogadas no contra-ataque com Yago.

O Gigante não conseguiu marcar o segundo gol mas o empate garantiu a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

O próximo confronto do Vasco será contra o Oeste-SP, pelo Campeonato Brasileiro, no próximo sábado (10), às 16h20, em São Januário.

FICHA TÉCNICA


VASCO 1X1 Treze-PB

Local: São Januário

Data/hora: 07/04/14 – 22h

Árbitro: Diego Almeida Real - RS (CBF-1)

Árbitro Assistente 1 - Jose Antônio Chaves Franco Filho - RS (CBF-1)

Árbitro Assistente 2 - Jose Javel Silveira - RS (CBF-1)

Público: 7.704 Pagantes / 8.623 Presentes

Cartões amarelos: Vasco: Douglas, André Rocha e Montoya / Treze-PB: Sapé, Fernandes e Negretti.

Cartão vermelho: Treze: Fernandes

Gols: Vasco: Douglas Silva / Treze: Jailson

VASCO: Martin Silva, Diego Renan Luan, Douglas Silva e Marlon; Danilo(Aranda), Fellipe Bastos (Montoya), e Douglas; Yago, Marquinhos e Thalles. Técnico: Adilson Batista.

Treze-PB: Gilson, Eduardo Arroz, Negretti, Douglas e Fernandes; Sapê, Esquerdinha, Douglas Packer e Clebson( Leo Bartholo); Jonatas Belusso (Birungueta) e Jailson. Técnico: Givanildo Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário