quarta-feira, 28 de maio de 2014

CG vai ganhar terceiro terminal de integração

Além da construção de mais um terminal de integração, cidade ganhará dois ônibus articulados para atender demanda.

COMPARTILHE
Campina Grande vai ganhar mais um Terminal de Integração Temporal. A obra será construída em um terreno de pouco mais de mil metros quadrados nas proximidades do Residencial Major Veneziano, em um ponto de convergência entre os bairros Cidades, Três Irmãs, Jardim Verdejante e Catingueira,
beneficiando também o distrito de Catolé de Boa Vista. O início da implantação deve acontecer ainda este ano.
Dois ônibus 'sanfonados' serão adquiridos para receber os passageiros no terminal e levá-los até o Centro da cidade.
Atualmente, Campina Grande conta com um Terminal de Integração, localizado no Centro da cidade, e possui mais um em fase de construção, no bairro das Malvinas.
De acordo com o prefeito Romero Rodrigues, como ainda está em fase de estudos, não há um valor definido para os investimentos no local, mas os recursos destinados devem passar de R$ 1 milhão. Obras de pavimentação e abertura de vias de acesso vão fazer parte do projeto. “Vamos implantar alguns binários e possibilidade de abertura de novas avenidas.
Temos levantado os problemas e demandas da população e montamos um grupo de estudos específicos em termos de necessidades de mobilidade urbana”, afirmou.
Serão dois ônibus 'sanfonados' com capacidade para 200 passageiros, que deixarão o terminal em percursos distintos, com direção ao Centro.
“As linhas menores serão linhas alimentadoras, levando os passageiros até o terminal, e de lá sairão os dois ônibus sanfonados. Um sairá pela avenida Francisco Lopes no sentido Detran, pegando o contorno da avenida Dinamérica, em seguida a avenida Floriano Peixoto, até o Centro e o outro pelo bairro da Catingueira, pegando a avenida Juscelino Kubitheck, avenida Almirante Barroso e Centro. Os dois percursos vão passar pelo Terminal de Integração”, completou Romero.
CONSTRUÇÃO DE VIADUTOS
O projeto de implantação do novo terminal também prevê a construção de dois viadutos, nos pontos de cruzamento de cada um dos percursos com a BR-230.
Segundo o secretário de Obras do município, André Agra, a equipe técnica ainda está fazendo estudos para construção dos viadutos, que ainda não têm data para ocorrer. “Estamos verificando as questões técnicas e de orçamento, pois a implantação dos viadutos não ocorrerá, necessariamente, nessa primeira etapa de construção. Eles são necessários a médio prazo, mas o terminal poderá funcionar sem eles”, explicou André.

Nenhum comentário:

Postar um comentário