piemonte fm

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Cinco pessoas são presas com quase uma tonelada de drogas na Paraíba

Drogas estavam guardadas dentro de casas nos bairros de José Pinheiro e Quarenta. Levantamento vai analisar para onde parte da droga seria distribuída

Polícia | Em 05/10/15 às 16h53, atualizado em 05/10/15 às 17h18 | Por Halan Azevedo
Reprodução/Instagram/Moficorreio
Drogas foram apreendidas em Campina Grande
Duas operações conjuntas entre a Polícia Militar e a Polícia Federal resultaram na apreensão de 931 kg de drogas entre a manhã e à tarde desta segunda-feira (5), nos bairros de José Pinheiro e Quarenta, em Campina Grande. Além das apreensões, cinco suspeitos de portarem as drogas foram presos.


A primeira apreensão aconteceu durante a manhã, no José Pinheiro. De acordo com o tenente Renato, da Rotam em Campina Grande, a Polícia Militar recebeu uma informação por parte da Polícia Federal de que uma casa do bairro estaria servindo de depósito para armazenamento de drogas.

“Fomos ao local e encontramos um rapaz que estava na frente da casa. Abordamos e ele acabou confessando a posse da droga, que era no total de 33kg de maconha. O suspeito informou que vendia os entorpecentes para os traficantes da região”, afirmou o tenente.

Preso, o suspeito foi encaminhado para uma delegacia e ficou a disposição da Justiça.
No período da tarde, no bairro do Quarenta, uma segunda operação resultou na apreensão de 898 kg de maconha. Segundo o sargento J. Silva, que participou da operação, a polícia recebeu uma ligação anônima informando da localização de um grupo de pessoas que estavam guardando os entorpecentes.

“A PM recebeu a ligação e, junto com a Polícia Federal, iniciamos a operação. Chegamos ao local e entramos na casa, onde prendemos uma mulher e três homens. Nessa casa nós conseguimos encontrar toda a quantidade de drogas”, contou o sargento.

As drogas e os suspeitos foram encaminhados para a Polícia Federal em Campina Grande. Questionados, os suspeitos não informaram para onde as drogas seriam levadas.

Ainda segundo o sargento, um levantamento vai tentar apontar como as drogas teriam chegado à residência sem levantar suspeitas e para onde elas seriam levadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário