piemonte fm

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Mulher morre em protesto contra vazamento em fossa de presídio na PB

Moradores de Sapé ocuparam trecho da PB-043 nessa quinta-feira, mas grupo dispersou após uma das manifestantes sofrer infarto

Cidades | Em 11/09/15 às 08h09, atualizado em 11/09/15 às 08h20 | Por Redação
Reprodução
Sapé-PB
Moradores da cidade de Sapé (Mata Paraibana, a 42 km de João Pessoa) interditaram um trecho da rodovia estadual PB-043 na noite dessa quinta-feira (10). A manifestação aconteceu próximo ao presídio da cidade e durou cerca de 40 minutos. Segundo a Polícia Militar, o grupo dispersou rapidamente após uma mulher que estava entre os manifestantes sofrer um infarto. Familiares socorreram a vítima, mas já chegou ao hospital em óbito.

De acordo com informações do sargento Freire, da Companhia de Polícia Militar em Sapé, o grupo ocupou a rodovia para protestar contra problemas no sistema de esgoto do presídio. O problema, segundo o policial, acontece há meses.
“As fossas de lá estão cheias e a direção abriu uma vala que faz com que os dejetos sejam jogados na rua. Ou seja, é uma situação muito desagradável. Há fezes em céu aberto e por isso a população decidiu protestar”, conta o policial.
Ao Portal Correio, o diretor do presídio de Sapé, Silva Neto, admitiu o lançamento de materiais fecais para a rua da cidade, mas garantiu que o serviço de limpeza das fossas será realizado ainda nesta sexta-feira (11).
“O presídio de Sapé foi construído para receber cerca de 50 presos e atualmente temos 200 reeducandos, então é natural que esse vazamento ocorra. Claro, é uma situação desagradável e constrangedora para a população e para nós que trabalhamos aqui no presídio. Então a manifestação é justa e legítima. Mas é importante destacar esse problema começa a ser resolvido ainda hoje [sexta-feira]. Estávamos esperando o resultado do processo de licitação da empresa que vai realizar o serviço de limpeza das fossas, e o governo divulgou ontem [quinta-feira]. Logo, estamos aguardando a chegada dos profissionais. Acredito que o serviço começa a ser feito nessa manhã”, garante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário