piemonte fm

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Grevistas da UFCG cobram divulgação de cortes orçamentários em ato público nesta quinta

Segundo a organização do ato, estudantes prejudicados pela greve também devem participar da manifestação

Emprego e Educação | Em 03/09/15 às 07h05, atualizado em 03/09/15 às 07h15 | Por Redação
Divulgação/Aduf-CG
Professores protestam a partir das 9h
Os professores e servidores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) realizam, na manhã desta quinta-feira (3), em frente ao prédio da Reitoria, um ato público para cobrar do reitor, Edilson Amorim, a divulgação dos impactos dos cortes orçamentários na instituição.
Os docentes também querem respostas da gestão com relação à pauta de reivindicação da categoria, que está em greve desde o dia 25 de junho. Além disso, os professores pedem que a reitoria apresente dados sobre as vagas para docentes disponíveis e impactos no funcionamento das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

O ato público também integra o esforço do Comando Nacional de Greve do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDE-SN para dar visibilidade à greve da categoria, quando acontecerá uma reunião com representantes do Ministério da Educação para discutir a pauta de reivindicações dos professores. Segundo a organização do ato, estudantes prejudicados pela greve também devem participar da manifestação.
Greve
De braços cruzados desde o dia 25 de junho, os professores da UFCG reivindicam ajuste salarial de 27,3%, reestruturação da carreira docente, isonomia salarial entre ativos e aposentados, melhores condições de trabalho, garantia da autonomia universitária e defesa do caráter público da universidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário