piemonte fm

sexta-feira, 20 de março de 2015

Sargento da PM morre após bater moto em táxi e sofrer pancada na cabeça, em Campina

Veículos envolvidos no acidente estariam na mesma mão de condução, quando o taxista realizou uma manobra para entrar em uma rua e a vítima colidiu na lateral do táxi e perdido o controle da moto

Cidades | Em 19/03/15 às 15h06, atualizado em 19/03/15 às 15h25 | Por Redação com informações de Márcio Rangel, TV Correio HD
Reprodução/Instagram/MofiCorreio
Sargento Raley, morto no acidente
O terceiro sargento Raley Ferreira da Silva, da Polícia Militar em Campina Grande, morreu no início da tarde desta quinta-feira (19), depois de bater na lateral de um táxi, perder o controle da moto em que estava e sofrer uma forte pancada na cabeça em um poste. O acidente ocorreu no cruzamento das avenidas Nilo Peçanha e Getúlio Vargas, no bairro da Prata.


O sargento teria saído do setor administrativo do 10º Batalhão da Polícia Militar, onde trabalhava, para almoçar.
As primeiras informações da perícia são de que os veículos envolvidos no acidente estariam na mesma mão de condução, quando o taxista teria feito uma manobra para entrar em uma rua e a vítima acabou batendo na lateral do táxi. O sargento teria perdido o controle da moto e batido com a cabeça em um poste.

Uma equipe do Samu foi deslocada ao local para socorrer o sargento, mas a vítima já havia morrido.

O taxista foi levado para prestar depoimento na Central de Polícia. De acordo com o major Gilberto Felipe da Silva, da assessoria de comunicação da PM, a suspeita é de que o sargento tenha quebrado o pescoço ao bater no poste, mas a confirmação só pode ser feita pelo Instituto Médico Legal (IML) de Campina Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário