piemonte fm

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Municípios da PB vivem crise extrema e 80% não têm verba para salários

Afirmação foi feita pelo presidente da Famup, Tota Guedes

Gestão | Em 17/02/15 às 07h56, atualizado em 17/02/15 às 08h00 | Por Jornal Correio da Paraíba
Reprodução
Tota Guedes, presidente da Famup
A diminuição nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a seca no Estado estão agravando a situação financeira de 80% dos municípios paraibanos. A revelação é do presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes. Segundo ele, as dificuldades se agravaram ainda mais no início deste ano com um novo aumento do salário mínimo e do piso do magistério.

“Os municípios estão em bastante dificuldade por falta de recursos. Um dos agravantes é a seca que é uma das piores dos últimos 40 anos e o outro é o baixo repasse do FPM. Posso dizer que 80% dos municípios paraibanos estão em extrema dificuldade financeira sem poder cumprir com muitos dos seus compromissos”, revelou o presidente da Famup.
Tota Guedes disse ainda que as prefeituras paraibanas estão longe do equilíbrio financeiro. “A situação é muito preocupante. Para se ter uma ideia existia em dezembro uma previsão de receita de FPM em mais 38% e não aconteceu. O que foi confirmado foi de apenas mais 16%. É muito preocupante porque se percebe que o País não está crescendo e a receita não aumenta”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário