piemonte fm

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Folha destaca que deputado arranca fios de urna eletrônica na Assembleia da PB

Publicado por: 

PUBLICADO EM :
tião
Durante a sessão em que seria eleita a nova mesa diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba, neste domingo (1º), o deputado estadual Tião Gomes (PSL) arrancou os fios e desligou a urna eletrônica que seria usada para a votação.
O parlamentar havia feito um requerimento, assinado por 21 deputados, que pedia o uso de cédulas de papel durante a eleição, sob o argumento de que o sistema da urna eletrônica seria inseguro, mas o presidente da sessão, Ricardo Marcelo (PEN), decidiu prosseguir a eleição usando a urna eletrônica.
“A Assembleia nunca teve uma votação com urna eletrônica, e ninguém conhece este sistema que queriam usar, não foi feita uma auditoria externa, ninguém nos chamou para observar o equipamento”, disse Tião.
O requerimento apresentado por Tião teve apoio dos deputados da bancada de apoio do Governo do Estado, que tem como candidato a presidência da ALPB o deputado Adriano Galdino (PSB). Ricardo Marcelo, que presidiu a Assembleia pelos últimos cinco anos, é candidato à reeleição e faz oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB).
Com o atraso na votação devido ao desligamento das urnas, as bancadas de oposição e situação na Assembleia chegaram a um acordo e definiram que a eleição deve transcorrer conforme o pedido da bancada governista, com cédulas de papel.
Procurado pela reportagem sobre a acusação de falta de segurança na urna eletrônica que seria usada, o presidente da sessão, Ricardo Marcelo, não atendeu as ligações. A assessoria de imprensa da Assembleia também não se pronunciou sobre as acusações.
Deputado Tião Gomes diz que desligou a urna eletrônica por não ser confiável – VEJA O VÍDEO
F

Nenhum comentário:

Postar um comentário