sábado, 5 de abril de 2014

José Wilker morre no Rio; ator começou no Santa Roza, em JP, e tinha título de Cidadão Paraibano

No país e no exterior, ele integrou o elenco de diversas novelas na televisão brasileira; ator sofreu infarto na madrugada
Cidades | Em 05/04/14 às 11h31, atualizado em 05/04/14 às 15h47 | Por Redação
Reprodução
José Wilker posou com o título de Cidadão Paraibano
José Wilker morreu, aos 66 anos, na casa dele no Rio de Janeiro, na manhã deste sábado (5). A informação foi dada pelo colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, e, conforme assessoria de imprensa, ele sofreu um infarto na madrugada.

Wilker é nordestino, nascido em Juazeiro do Norte (CE), no dia 20 de agosto de 1947, mas fez teatro no Brejo da Paraíba e também recebeu o título de Cidadão Paraibano em 2008.

A entrega de titulo ao ator ocorreu no dia 16 de julho daquele ano, através de uma sessão especial no plenário José Mariz da Assembleia Legislativa. A propositura do título foi do deputado estadual Fabiano Lucena.

Poucas horas antes de receber o título de Cidadão Paraibano, Wilker, revelou em João Pessoa que foi no teatro Santa Roza que pisou pela primeira vez num palco. 

“Trabalhei na Paraíba anos 60, fiz teatro também em Sapé. Foi um período formador do meu caráter, da minha vocação, do meu caminho a trilhar como ator”, relatou.

Sobre a homenagem do Legislativo paraibano, ele sintetizou: “Sempre vejo esse tipo de homenagem com muito carinho, desperta em mim a corda do afeto. É muito legal”.
Naquele ano, José Wilker visitou também a Estação Ciência Cabo Branco, localizada no Altiplano, em João Pessoa.
José Wilker passeou pela capital paraibana
Foto: José Wilker passeou pela capital paraibana
Créditos: Jornal Correio da Paraíba
A carreira dele começou na adolescência, quando foi recusado em um teste para locutor de rádio.“Estava com 15 anos, em fase de mudança de voz, e o contratante disse: ‘Tem vaga para ator. Você quer?’. Mas depois eu viria a ter um programa de rádio no Rio de Janeiro, com cinco minutos de duração, sobre cinema”, contou.
José Wilker de Almeida é considerado pela crítica especializada como um dos maiores atores do Brasil, com participação em 29 novelas e 49 filmes.
No país e no exterior, ele integrou o elenco de diversas novelas na televisão brasileira. Um homem que saiu do interior do Ceará para seguir o sonho artístico, tornou-se um ator que bateu recordes de público.
Foi assim no cinema, com 'Dona Flor e Seus Dois Maridos', que levou mais de 12 milhões de pessoas às salas de cinema do Brasil, e na televisão, com 'Roque Santeiro', que conseguiu índices recordes de audiência e foi a novela mais assistida de todos os tempos: 75% da população assistiam à novela diariamente. Participou de vários filmes que têm o Nordeste como cenário. Além de 'Dona Flor e seus Dois Maridos', 'Guerra de Canudos' e 'For All'.
O ator também era bastante conhecido por enriquecer a apresentação do Oscar nas transmissões brasileiras da premiação internacional mais importante do cinema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário