piemonte fm

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Começa vacinação contra HPV para mais de 72,6 mil meninos na PB; veja orientações


Vacinação contra o HPV no sexo masculino vai ajudar a prevenir casos de câncer de colo de útero e vulva nas mulheres, além de cânceres de boca, orofaringe, bem como verrugas genitais, em ambos os sexos
Saúde | Em 03/01/17 às 23h21, atualizado em 03/01/17 às 23h23 | Por Redação
Juliane Guez/ PMPA
Imagem Ilustrativa
A Paraíba começou a imunizar 72.637 meninos contra o HPV para prevenir os cânceres de pênis e verrugas genitais. A vacinação ocorre desde essa segunda-feira (2) em alguns municípios do estado, mas só vai começar no dia 16 deste mês em João Pessoa porque todas as doses ainda não foram repassadas.



Além da prevenção de doenças nos meninos, a vacinação contra o HPV no sexo masculino vai ajudar a prevenir casos de câncer de colo de útero e vulva nas mulheres, além de cânceres de boca, orofaringe, bem como verrugas genitais, em ambos os sexos.

As vacinas estão disponíveis em postos de vacinação dos municípios, em Unidades Básicas de Saúde ou Unidades de Saúde da Família.

A vacina contra o HPV em meninos entrou neste ano no calendário anual de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). Sendo assim, a imunização será ofertada durante todo o ano.

“Não precisa ter correria aos postos de vacina. Os pais podem ir às unidades ao longo dos próximos meses, já que não se trata de campanha com tempo estabelecido. A imunização é realizada o ano inteiro no Centro de Imunização, antigo Lactário da Torre, e nas Unidades Básicas de Saúde ou Unidades de Saúde da Famíla”, afirmou o gerente de Vigilância Epidemiologica de João Pessoa, Daniel Batista.

A imunização também vai ser feita em meninas que chegaram aos 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas.

Como tomar a vacina

O esquema vacinal para os meninos contra HPV é de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Para os que vivem com HIV, a faixa etária é dos 9 aos 26 anos e o esquema vacinal é de três doses, com intervalo de 0, 2 e 6 meses. No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica.

A vacinação dá proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema vacinal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário