piemonte fm

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Jovem é morta com mais de 15 facadas e ex-namorada é suspeita, na Paraíba


Ela foi socorrida para o hospital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu algumas horas depois do crime
Polícia | Em 15/06/16 às 13h27, atualizado em 15/06/16 às 16h56 | Por Redação
Reprodução/TV Correio HD
Camila morreu horas depois de ter sido atendida
A jovem Camila Severina Gomes de Lima, de 20 anos, foi esfaqueada na noite dessa terça-feira (14), no Centro de Patos, a 320 km de João Pessoa, e morreu na madrugada desta quarta (15), no Hospital Regional da cidade. Uma adolescente de 15 anos, suspeita do crime, foi detida e é ex-namorada da vítima.



De acordo com a polícia, a vítima teria sido morta por uma ex-namorada e sofreu mais de 15 perfurações, em plena rua do Centro de Patos. Ela foi socorrida para o hospital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu algumas horas depois do crime.

Segundo a polícia, a suspeita deixou a faca usada e o celular no local do homicídio. O telefone será investigado para que a polícia identifique o que motivou o crime, que pode ter sido passional.

Na delegacia, a adolescente confessou que matou Camila Severina. “Ela revelou que teve um relacionamento amoroso com a vítima e que decidiu assassinar Camila Severina porque ela estava ameaçando acabar o atual relacionamento dela. O crime teria sido planejado dois dias antes e foi consumado durante uma discussão. A suspeita ainda revelou que enquanto esfaqueava Camila Severina ela teria dito várias vezes que a amava e por causa disso parou com as agressões”, falou o delegado Gaudêncio Neto. 

A faca apreendida com a menina foi encaminhada para exame no Instituto de Polícia Cientifica (IPC) e a polícia quer confirmar se ela foi usada para assassinar Camila Severina. A adolescente vai ficar à disposição do Juizado da Infância e da Adolescência da cidade de Patos.

*Texto foi atualizado para incluir mais detalhes divulgados pela polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário