piemonte fm

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Homem é condenado a 19 anos de prisão por matar ex-cunhada na PB

Professora Maria das Graças Marreiro foi morta a facadas.

Crime aconteceu em novembro de 2014 no bairro da Torre.

Do G1 PB
O marchante Arnóbio Gomes foi condenado, nesta quarta-feira (4), a 19 anos de prisão em regime fechado pela morte da ex-cunhada, a professora Maria das Graças Marreiro. O crime aconteceu em novembro de 2014, no bairro da Torre, e câmeras de segurança flagraram o momento em que ele apareceu e atacou a professora com uma faca. Ela morreu no local.
O julgamento, em júri popular, aconteceu no Tribunal do Júri do Fórum Criminal, em João Pessoa. Ele foi preso pouco tempo depois do crime e confessou que matou a ex-cunhada porque ela teria ajudado a irmã, Maria Aparecida, a se separar dele.

Entenda o caso
A professora Maria das Graças Marreiro Gomes foi assassinada a facadas na noite do dia 10 de novembro de 2014. O crime aconteceu na Avenida Juarez Távora, na Zona Norte da capital paraibana. Segundo o próprio Arnóbio, a professora assassinada teria sido responsável pela sepração dele. "Ela fez a cabeça da minha esposa para ela se separar de mim", afirmou.
Professora Maria das Graças Marreiro Gomes foi assassinada a facadas no dia 10 de novembro de 2014 em João Pessoa (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)Professora Maria das Graças Marreiro Gomes foi
assassinada a facadas em João Pessoa
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
No local do crime, a Polícia Militar ouviu de testemunhas que a professora fazia sempre o mesmo caminho todas as tardes e que ela teria reagido a um assalto quando foi esfaqueada, mas após a confissão do ex-cunhado, a hipótese de latrocínio foi logo descartada.
A faca usada para matar a mulher foi deixada por Arnóbio no local do crime. Na época, segundo a polícia, houve uma tentativa de espancamento por parte dos moradores da rua e ele foi perseguido quando a Polícia Militar realizou a prisão dele. A professora dava aulas em uma escola no Bairro dos Estados

Nenhum comentário:

Postar um comentário