piemonte fm

domingo, 22 de maio de 2016

Acidente deixa casal morto e dois feridos; PRF investiga se carro estava em racha a 170 km/h

Ao Portal Correio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contou que, até as 17h10, não tinha informações sobre o que teria provocado o acidente. Vítimas foram socorridas pelo Samu

Cidades | Em 21/05/16 às 17h13, atualizado em 21/05/16 às 19h25 | Por Halan Azevedo
Reprodução/Instagram/Moficorreiooficial
Carros ficaram destruídos
Um grave acidente entre dois carros deixou um casal morto e outras duas feridas, um em estado gravíssimo, na tarde deste sábado (21), em um trecho da BR 230, nas proximidades do Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa. O trânsito no local precisou ser interditado no sentido Cabedelo-João Pessoa.

Ao Portal Correio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contou que, até as 17h45, não tinha informações sobre o que teria provocado o acidente, mas que duas pessoas morreram enquanto recebiam atendimentos.
O Samu afirmou que outras duas pessoas ficaram feridas, todas presas nas ferragens dos veículos. Socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma da Capital as vítimas passaram por exames. Uma delas foi internada em estado gravíssimo e a outra segue internada, mas em estado regular.
De acordo com testemunhas, um dos veículos, de cor cinza, vinha em alta velocidade, possivelmente participando de um 'racha' com outro veículo ainda não identificado, quando o motorista teria perdido o controle e capotado. Com o impacto, o carro acabou caindo em cima do outro veículo que vinha em sentido contrário. 
Testemunhas também afirmaram que o velocímetro do carro cinza estava travado a 170 km/h. 
PRF e Civil vão investigar possível racha que teria causado o acidente
Ao Portal Correio, a PRF afirmou que recebeu relatos de testemunhas sobre um possível racha que estaria sendo praticado entre o carro cinza, envolvido no acidente, e uma caminhonete, que não foi identificada.
"Recebemos relatos de testemunhas que disseram ter visto o carro cinza fazendo um racha com uma caminhonete. São relatos que vão ser analisados, assim como marcas de frenagem e o velocímetro dos dois veículos. A Polícia Civil também deve abrir inquérito para investigar o possível racha, mas como o trecho não possui câmeras de monitoramento é difícil, em um primeiro momento, determinar as causas do acidente", contou a PRF. 
Assista ao momento do resgate às vítimas:

*Matéria atualizada às 18h38 com a inclusão do estado de saúde das vítimas internadas no Trauma, depoimentos de testemunhas do acidente e o vídeo do resgate das vítimas.
Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Nenhum comentário:

Postar um comentário