piemonte fm

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Mulher com faca faz motorista refém e ameaça matá-lo durante assalto a ônibus em JP

Ela roubou dinheiro do caixa, celulares e pertences dos passageiros enquanto gritava que iria esfaquear o condutor

Polícia | Em 11/04/16 às 06h53, atualizado em 11/04/16 às 07h23 | Por Redação
Reprodução/Ônibus da PB/A. Gonçalves
Bandida fez motorista refém (foto ilustrativa)
Um ônibus da linha 5204 (Cristo/Manaíra) foi assaltado na noite desse domingo (10), quando passava pela Rua Aderbal Piragibe, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. Uma mulher armada com faca peixeira tomou o motorista como refém até que os cerca 10 passageiros entregassem dinheiro, celulares e pertences.

A criminosa pediu parada no primeiro ponto da rua e anunciou o assalto assim que subiu no ônibus, agarrando a cabeça do motorista. De cabelo curto, bermuda e camisa, ela tirou a faca escondida na cintura e sem passar na catraca apontou a arma para o condutor. "Todo mundo passa o celular ou eu mato ele; vou meter a faca no pescoço dele", dizia enquanto esbravejava xingando os passageiros e pedindo também o dinheiro do caixa do ônibus. Os relatos são de uma passageira.
O motorista foi forçado a seguir com o ônibus e um passageiro teve que juntar os celulares e pertences dos demais, enquanto a assaltante continuava as ameaças. "Vou matar ele!", gritava.
O material foi entregue, ela levou o dinheiro do caixa e pediu parada no segundo ponto da Aderbal Piragibe. "Se tu abrir a boca eu te rasgo todinho, mato você", disse ao motorista enquanto descia. Ela seguiu caminhando pela rua que fica na lateral do Centro Administrativo do Estado, em direção à Rua das Trincheiras.
"Só havia dois ou três homens no ônibus. O resto de nós éramos todas mulheres. Entrei em desespero e comecei a chorar. Foi horrível, ela gritava muito e dizia o tempo todo que ia esfaquear o motorista. Entreguei meu celular pra que aquilo acabasse logo sem mais problemas", disse uma passageira.
A Polícia Militar foi acionada, mas até o fechamento desta matéria nenhuma suspeita do crime havia sido presa.
O motorista não foi ferido, mas ficou em estado de choque e foi amparado pela PM e por um colega de outro ônibus que passou pelo trecho logo depois da chegada da polícia.
Os passageiros seguiram viagem em outro ônibus do Cristo que passou pelo local cerca de 20 minutos depois da fuga da assaltante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário