piemonte fm

terça-feira, 19 de abril de 2016

Homem é morto e queimado na PB; PM apura se vítima é empresário sequestrado

Polícias Militares da Paraíba e do Rio Grande do Norte investigam a ocorrência; suspeita de que o homem morto seja dono de um lava a jato cresceram após descrições de moradores de aldeia

Polícia | Em 18/04/16 às 23h16, atualizado em 18/04/16 às 23h27 | Por Redação
Reprodução
Imagem ilustrativa
Um homem não identificado foi morto com tiros de pistola na cabeça e teve o corpo queimado na aldeia ‘Galego’, em Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba, a 92 km de João Pessoa, no fim da tarde desta segunda-feira (18). A Polícia Militar apura se a vítima é um proprietário de um lava a jato de Baía Formosa, no Litoral Sul do Rio Grande do Norte, na fronteira com a Paraíba, de onde ele foi sequestrado horas antes. Homicídio também foi registrado durante a noite no Litoral Sul da Paraíba.



Segundo o sargento Mota, da PM de Mamanguape, que fica responsável pelas ocorrências da região, moradores relataram que um carro branco desconhecido passou pela aldeia onde houve o crime e, em seguida, ouviram os disparos.

“Os moradores foram até o local dos tiros e encontraram o corpo da vítima em chamas”, disse o sargento. A PM foi informada sobre o fato e passou a fazer buscas. Até as 23h desta segunda, não havia suspeitos e a motivação do crime era desconhecida.

Ao trocar informações com a guarnição de Baía Formosa, a PM da Paraíba soube que três homens em um carro branco haviam sequestrado o dono de um lava a jato enquanto a vítima estava trabalhando na limpeza de uma moto. As informações compartilhadas bateram com as descrições feitas pelos moradores da aldeia.

O Portal Correio entrou em contato com a PM de Baía Formosa e os agentes confirmaram o sequestro e as suspeitas. Segundo um dos oficiais, a família do empresário só procurou a polícia às 20h desta segunda. Os parentes foram aconselhados a se dirigir para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa, para onde o corpo foi conduzido, para que pudesse ser feita a identificação da vítima. Até as 23h, eles ainda seguiam para a capital paraibana.

Alhandra

Em Alhandra, no Litoral Sul da Paraíba, a 32 km de João Pessoa, um jovem que, segundo a PM, teria participação em tráfico de drogas, foi morto a tiros no distrito de Mata Redonda. A polícia não tinha suspeitos pela ocorrência e não soube informar se o envolvimento com a criminalidade teria influenciado nas possíveis motivações para o assassinato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário