piemonte fm

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Começa vacinação contra H1N1 em João Pessoa; veja locais e quem tem acesso

De acordo com a gerência de vigilância epidemiológica de João Pessoa, o município recebeu 24% de doses vacina e priorizou as gestantes e os trabalhadores da saúde, obedecendo às orientações do Ministério da Saúde

Saúde | Em 13/04/16 às 07h05, atualizado em 13/04/16 às 07h06 | Por Redação
Reprodução/Fotos Públicas/Osnei Restio
Vacina da gripe H1N1
A partir desta quarta-feira (13) as gestantes e trabalhadores da saúde de João Pessoa vão começar a ser imunizados com a vacina da gripe H1N1. A meta do Município é de imunizar 124 mil pessoas, o que corresponde a 80% da população de 168 mil, considerada como grupo de risco.

Leia também: Clínicas são notificadas por alta abusiva em preços da vacina contra H1N1 em JP

De acordo com a Gerência de Vigilância Epidemiológica de João Pessoa, o Município recebeu 24% de doses vacina e priorizou as gestantes e os trabalhadores da saúde, obedecendo às orientações do Ministério da Saúde.



Para o início da campanha, foram designadas cinco equipes da Secretaria com enfermeiros e técnicos de enfermagem que irão realizar o trabalho de vacinação nos serviços na rede hospitalar, entre Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), hospitais e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Para as gestantes, asvacinas serão administradas nos cinco postos de referência nos distritos sanitários.

“Nesse primeiro grupo vamos vacinar os trabalhadores, que atuam diretamente com o atendimento de pessoas nos serviços e estão com a exposição e riscos aumentados. Dentro desse calendário, também vamos vacinar as gestantes, para imunizar as mães e os bebês, que transferem anticorpos maternos para o feto por meio da placenta”, disse a coordenadora do setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Chiara Dantas.

No dia 30 de abril, dia de mobilização nacional da campanha, seguindo o calendário de vacinação, serão imunizados todos os demais grupos de risco: crianças de seis meses até menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto) e integrantes do sistema prisional, além de pessoas portadoras de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais. A vacinação para esses grupos segue até o dia 20 de maio.

Estado iniciou vacinação na segunda

A Secretaria de Saúde do Estado iniciou a vacinação na segunda-feira (11) para todos os grupos de risco que abrangem a campanha. A diferença de datas se deu porque cada Município tem autonomia para iniciar a vacinação com calendário próprio. Outras cidades do estado já começaram a campanha na segunda, como Campina Grande e Conde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário