piemonte fm

terça-feira, 22 de março de 2016

Sete deputados estaduais trocam de legenda, aproveitando janela partidária

Alguns dos parlamentares podem disputar prefeituras municipais este ano

Mais política | Em 22/03/16 às 09h37, atualizado em 22/03/16 às 09h45 | Por Hermes de Luna
Divulgação/ALPB
Ricardo Marcelo e José Aldemir
Na Assembleia Legislativa, a composição do plenário também mudou com o fim da chamada 'janela partidária'. Sete deputados trocaram de partido no último mês. Os mais recentes foram o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo, e o deputado José Aldemir Meireles. Ambos saíram do Partido Ecológico Nacional (PEN).

Também anunciou a desfiliação nesta segunda-feira (21) o deputado estadual Trócolli Júnior, que saiu do PMDB e anunciou que se filiará ao Pros. Ele pode disputar a prefeitura de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa.
Trócolli segue o mesmo caminho do deputado estadual Lindolfo Pires, egresso do DEM, que filiou-se na liderança do Pros na Câmara Federal.
Ricardo Marcelo foi para o PMDB. Aldemir filiou-se ao PP e pode ser candidato a prefeito em Cajazeiras, no Alto Sertão paraibano.
João Gonçalves saiu do PSD e filiou-se ao PDT. João se coloca como opção do PDT para disputar a vaga de vice-prefeito na chapa encabeçada por João Azevedo (PSB).
O PMDB perdeu outro deputado estadual. Gervásio Filho já tinha se filiado ao PSB no dia 3 de março, na sede da Associação Paraibana de Imprensa (API).
Depois de indas e vindas, o deputado Zé Paulo trocou o PC do B e também se filiou ao PSB, atendendo convite do governador Ricardo Coutinho. Zé Paulo tenciona ser pré-candidato a prefeito de Santa Rita, um dos maiores colégios eleitorais do estado, que fica na região metropolitana da Grande João Pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário