piemonte fm

segunda-feira, 7 de março de 2016

Raposa goleia o Esporte por 7 a 1; rodada também tem vitória do PB e dois empates

Campinense não deu chances ao Esporte de Patos e aplicou um 'chocolate' histórico; Paraíba teve vitória magra e Sousa e Treze ficam no empate, assim como Auto Esporte e CSP

Paraibano | Em 06/03/16 às 15h50, atualizado em 06/03/16 às 18h32 | Por Redação
Reprodução/Phillipy Costa /Voz da Torcida
Amigão, em Campina Grande
Quatro jogos deram continuidade à sétima rodada do Campeonato Paraibano na tarde deste domingo (6). O Campinense recebeu o Esporte de Patos, no estádio Amigão, em Campina Grande, e foi um anfitrião terrível, vencendo pela goleada histórica de 7 a 1. O Sousa enfrentou o Treze no estádio Marizão e arrancou o empate em 1 a 1 nos acréscimos do segundo tempo. Em João Pessoa, no Almeidão, mais um empate. Auto Esporte e CSP também ficaram apenas no 1 a 1. No clássico da cidade de Cajazeiras, o Atlético pegou o Paraíba e acabou derrotado por 1 a 0. Confira a tabela de classificação do Paraibano 2016.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Auto Esporte 1 x 1 CSP 

O CSP começou melhor e dominou o jogo nestes primeiros minutos, mas os dois times alternaram boas chances de gol. Após os 15 minutos, o Auto equilibrou as ações e o jogo ficou mais disputado. O Tigre, no entanto, seguiu tendo mais posse de bola e conseguiu abrir o placar aos 24 minutos. Em cobrança de falta, Igor bateu direto e a bola ainda desviou na zaga adversária, enganando o goleiro Enderson.

No segundo tempo, o Auto Esporte voltou melhor, procurando atacar em bloco para ir em busca do empate. A intenção do avirrubro se concretizou aos 25 minutos. Em cobrança de falta cruzada na área, David Queiroz cabeceou e acertou a trave. Na volta, Rafael Speda completou para as redes, deixando tudo igual no placar. O Auto seguiu pressionando e o CSP se defendendo como podia, mas o marcador não sofreu mais mudanças. 

Sousa 1 x 1 Treze
O jogo foi bastante truncado no primeiro tempo, com muitas faltas. O Sousa, jogando em casa, teve um desempenho melhor, mas não conseguiu marcar. 

No segundo tempo, porém, foi a vez do Treze dar o bote. Logo aos nove minutos, Toninho fez lançamento e Diego Neves completou, abrindo o placar em favor do time de Campina Grande. O Sousa, então, teve que correr contra o tempo para não ter um resultado negativo dentro de casa. Apesar de errar muito, o Dinossauro chegou ao empate nos acréscimos, aos 46 minutos. Dico recebeu na entrada da grande área e, de perna direita, mandou uma bomba, fazendo o gol e fechando o placar.

Campinense 7 x 1 Esporte de Patos 

O Campinense começou jogando melhor, mas a partida foi ‘lá e cá’ até pouco depois dos 20 minutos, quando a Raposa começou um verdadeiro massacre. Aos 22 minutos, uma jogada rápida do ataque rubro-negro pela esquerda terminou com passe de Filipe Ramon e conclusão de Raul, abrindo o placar no estádio Amigão. Cinco minutos depois, mais um. Rodrigão aumentou a vantagem do time da casa em um frango do goleiro Andrezon, do Esporte. O atacante raposeiro acabou chutando fraco, mas o camisa 1 oponente acabou aceitando. 

Aos 33 minutos, Ruan, do Esporte, foi derrubado dentro da área e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Eduardo Rato bateu com força no canto direito e diminuiu a desvantagem dos visitantes, que, para a infelicidade deles, seria aumentada em pouco tempo, aos 42 minutos, mais uma vez com Rodrigão. O Atacante aproveitou cruzamento após boa jogada de Fernando Pires e mandou para o gol.

Na etapa complementar, só deu Raposa. Aos nove minutos, Rodrigão marcou o terceiro dele na partida. Ele foi substituído por Pitbull e saiu ovacionado pela torcida. O substituto honrou a posição e também ampliou a diferença. Aos 16 minutos, Paulinho fez ótimo passe da direita e Pitbull fez o primeiro dele. Aos 25 minutos, o atacante fez o segundo. O Campinense trocou passes facilmente na entrada da área e Pitbull bateu na saída do goleiro Andrezon. Após mais dois minutos, o árbitro marcou pênalti para a Raposa. Com faro de gol, Pitbull marcou, também, o terceiro dele, deslocando o goleiro. E terminou assim: Campinense 7 x 1 Esporte.

Atlético 0 x 1 Paraíba 

O clássico da cidade de Cajazeiras foi bastante equilibrado no primeiro tempo e a rede só foi balançada aos 43 minutos, em favor do Paraíba. Cleitinho tocou para França, que devolveu a bola e entrou na pequena área. Cleitinho lançou novamente para França e ele abriu o placar.

O segundo tempo seguiu com equilíbrio e foi fraco tecnicamente, sem a apresentação de grandes lances, terminando com o placar magro favorável ao Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário