piemonte fm

quarta-feira, 9 de março de 2016

Detento é achado morto em cela do presídio do Roger, em João Pessoa


Detento estava amarrado e pendurado na cela 2 do pavilhão 4, diz diretor.
Segundo direção do presídio, vítima estava presa há um mês por roubo.

Do G1 PB
Um presidiário foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (9) na cela 2 do pavilhão 4 da penitenciária Flósculo da Nóbrega, conhecida como presídio do Roger, em João Pessoa. O diretor da unidade prisional, Lincon Gomes, explicou que o detento foi encontrado amarrado e pendurado na cela. Por conta da morte, para que o caso seja investigado, as visitas no presídio foram suspensas por 10 dias, a contar desta quarta.
Ainda de acordo com o diretor do presídio, a princípio, a forma como o preso foi encontrado morto sugere que o caso se trate de um suicídio, porém, marcas no corpo e outros indícios apontam o homicídio. A suspeita de Lincon Gomes é que o detento tenha sido assassinado dentro da cela e que o autor do crime tenha simulado um cenário de suicídio, para dificultar as investigações.
O preso estava recluso no presídio do Roger há cerca de um mês, após ter sido detido por roubo e falsidade ideológica. A identidade do presdiário não foi informada pela direção da unidade prisional. Lincon Gomes afirmou também que todos o presos da cela 2, onde o apenado foi encontrado morto, serão ouvidos no inquérito. As visitas, que estavam previstas para esta quarta-feira (9) também foram suspensas.
O corpo do presidiário deve ser encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na capital paraibana. Além da Gerência do Sistema Penitenciário da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba, a Delegacia de Homicídios de João Pessoa também deve investigar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário