piemonte fm

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Deputado governista defende RC, rebate parlamentar tucano e ataca: "Perseguidor era o governo de Cássio"


Deputado governista defende RC, rebate parlamentar tucano e ataca: "Perseguidor era o governo de Cássio"
O deputado estadual Tião Gomes usou a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba com o objetivo de rebater as críticas feitas pelo deputado do PSDB, Bruno Cunha Lima, a gestão do Governador Ricardo Coutinho. Sem economizar nas palavras, Tião disse que o estado da Paraíba era uma verdadeira "bagunça" durante a administração de Cássio Cunha Lima.


Na última quarta-feira (17), antes que Tião fosse a tribuna do plenário da Casa de Epitácio Pessoa, Bruno Cunha Lima declarou que no município de Campina Grande, na Delegacia de Roubos e Furtos, o delegado titular Danilo Orengo, teria sido transferido, segundo o parlamentar, sem justificativas administrativas, após compor chapa com o objetivo de concorrer à diretoria da Associação de Polícia Civil da Paraíba. Para Bruno Cunha Lima, "aos olhos do Estado, o delegado escolheu a chapa errada". "É inaceitável esse tipo de comportamento. (...) O governador Ricardo Coutinho persegue um concursado, um funcionário de carreira que vinha exercendo seu papel com maestria", afirmou Bruno.


Inscrito como o próximo orador, Tião Gomes tratou logo de rebater as acusações feitas pelo colega e afirmou que na gestão do ex-governador Cássio Cunha Lima, delegados eram transferidos constantemente. "Hoje a Paraíba séria. Acabou-se aquele tempo, deputado Bruno Cunha Lima, que soldados de polícia, cabos e delegados, eram transferidos a pedido meu ou de qualquer deputado, ou de qualquer senador", disparou o parlamentar.


Tião Gomes descordou do deputado Bruno ao afirmar que a gestão de Ricardo Coutinho 'persegue' servidores. e centrou fogo na gestão do tucano. "Perseguidor era o governo de Cássio Cunha Lima".



PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário