piemonte fm

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Filme com trilha de Geraldo Vandré é exibido no Fest Aruanda nesta terça


"A Hora e a Vez de Augusto Matraga" será exibido a partir das 15h.
Músico recebe uma homenagem do festival na quarta-feira.

Do G1 PB
Cena de A Hora e a Vez de Augusto Matraga (Foto: Reprodução)Cena de A Hora e a Vez de Augusto Matraga (Foto: Reprodução)
O destaque da programação do penúltimo 10º Festival Aruanda do Audiovisual Brasileiro, nesta terça-feira (15), é o filme “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”, do diretor Roberto Santos. O filme tem a trilha-sonora assinada por Geraldo Vandré, homenageado no festival. A exibição será às 15h (horário local), na Sala 6 do Cinépolis do Manaíra Shopping, em João Pessoa. A entrada para o público é gratuita.
O músico chegou em João Pessoa na quarta-feira (9). Esta é a primeira vez, após 20 anos, que ele retorna à terra natal. Vandré recebe na quarta-feira (16) o Troféu Aruanda de Contribuição ao Cinema Nacional, graças ao seu trabalho na trilha sonora do longa que será exibido nesta terça.
 
Geraldo Vandré volta à paraíba após 20 anos (Foto: Giovanna Ismael/Jornal da Paraíba)Geraldo Vandré volta à paraíba após 20 anos
(Foto: Giovanna Ismael/Jornal da Paraíba)
A primeira atividade do evento nesta terça-feira começa às 10h, no auditório do Hotel Sapucaia, em Tambaú, com um debate sobre o filme “Travessia”, com o diretor João Gabriel. Em seguida, haverá um debate com o tema “Walfredo Rodriguez, entre fotogramas perdidos, legado e novas percepções investigativas sobre o primeiro cineasta”. O debate será exposto por Lúcio Vilar e moderado por Maria do Rosário Caetano. Entre os debatedores, estão o escritor e pesquisador Wills Leal, o pesquisador da UFPB Fernando Trevas, a pesquisadora da UFPB Regina Behar e Walfredo Rodriguez Neto. No turno da tarde, a partir das 14h30, o minicurso “Domésticas no Cinema Latino-Americano”, com o professor Stephen Bocskay, continua no auditório do Hotel.

Após a exibição do filme de destaque histórico da programação, no Cinépolis, terá início a programação da mostra competitiva de curta-metragem, à partir das 18h. Serão exibidos os filmes “Olhos de Botão”, de Marlom Meirelles, “Cartas do Desterro”, de Coraci Ruz e Julio Matos e “Flerte”, de Samuel Mariani. Ainda haverá a exibição especial do curta “Tarântula”, de Aly Muritiba. Encerrando a noite, será exibido o filme “Para Minha Amada Morta”, também de Aly Muritiba, pela mostra competitiva de longa-metragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário