piemonte fm

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Deputado da PB troca tapas com petista no Conselho de Ética da Câmara; assista a vídeo

Wellington Roberto (PR-PB) disse que a proposta era uma "tentativa de golpe", e foi logo repreendido pelo deputado Zé Geraldo ( PT-PA).

Mais política | Em 10/12/15 às 09h55, atualizado em 10/12/15 às 10h26 | Por R7
Reprodução/ TV Câmara
Wellington Roberto durante discussão
Uma troca de tapas entre os deputados federais Wellington Roberto (PR-PB) e Zé Geraldo (PT-PA) interrompeu por cinco minutos a sessão do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (10). O colegiado analisa o processo por quebra de decoro parlamentar do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O motivo da briga foi a representação que pede o afastamento de Cunha da Presidência da Casa. Wellington disse que a proposta era uma "tentativa de golpe", e foi logo repreendido por Geraldo. No momento em que eles gesticularam, os braços dos deputados se chocaram, e eles partiram para briga.
Os dois precisaram ser contidos pelos outros deputados presentes no Conselho. Enquanto Geraldo dizia que Wellington era "da tropa de Cunha", ele respondeu que "quem tem turma é ladrão", e que "macho nenhum toca em mim" durante a discussão.
O presidente do Conselho de Ética, deputado José Carlos Araujo (PSD-BA), suspendeu a sessão por 5 minutos, e depois retomou o debate sobre o processo contra Cunha. Ele repreendeu os dois deputados, e disse que o colegiado não é local para briga.
— O Conselho de Ética não pode ser palco de incidentes como esse. Se os senhores estão querendo [resolver as coisas na agressão], aqui não é o local. O Conselho de Ética não é lugar para esse tipo de briga, que apequena essa Casa. [...] Aqui é o local do zelo, da ética, do respeito entre seus pares, da conversa e do diálogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário