piemonte fm

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

“CPI já tem indícios de irregularidades”, diz Bosco Jr

FOTO JOÃO BOSCO
O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Telefonia Móvel, deputado João Bosco Carneiro Júnior (PSL), ressaltou nesta segunda-feira (3) que CPI já tem indícios de irregularidades das operadoras na prestação de serviços e que causam danos ao consumidor. A declaração do parlamentar foi feita durante a sessão publica da Comissão realizada na tarde de hoje no plenário José Mariz.
“Já enumeramos diversas irregularidades encontradas nas investigações dessa CPI. Irregularidades como as cobranças indevidas, a má qualidade do serviço prestado, falta de sinal em algumas localidades do interior, interrupção do serviço, cobranças ilegais, negligência e complacência da Anatel e antenas sobrecarregadas, além da terceirização da mão-de-obra e ofertas de serviços que não existem”, disse.
Além disso, o deputado ressaltou que as operadoras cobram valores exorbitantes e fornecem serviços abaixo do pacote contratado, assim como vendem os serviços cada dia a mais consumidores, mas não investem na para manter qualidade na prestação do serviço.
“A má qualidade dos serviços prestados põe em risco a vida e a segurança do cidadão, uma vez que serviços essenciais como o Samu, a polícia e o Corpo de Bombeiros não conseguem ser acessados pela população. A telefonia móvel é um bem essencial e desta forma deve ser prestado de forma universal eeficiente. É um verdadeiro absurdo a falta de respeito ao consumidor”, salientou.
Bosco Carneiro também aproveitou a sessão de hoje para apresentar um requerimento pedindo a prorrogação por mais 60 dias dos trabalhos da Comissão. “O prazo inicial da CPI encerra no dia 24 de agosto e necessitamos de mais prazo para ouvir a população e os representantes da operadoras, além de aprofundar os trabalhos na parte técnica”, concluiu.
MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário