piemonte fm

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Bombeiro reformado é preso por ameaçar ex-esposa e por porte ilegal de arma, na PB

Em depoimento, segundo o delegado Hector Azevedo, o homem disse que estava tentando renegociar uma dívida financeira com a mulher e negou que tenha a ameaçado de morte sua ex-companheira

Polícia | Em 07/08/15 às 12h02, atualizado em 07/08/15 às 12h10 | Por Hyldo Pereira
Divulgação/ Hector Azevedo
Arma encontrada com o bombeiro
Um bombeiro reformado da Paraíba, de 58 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (7) por porte ilegal de arma de fogo e por te ameaçado de morte a ex-companheira dele. O fato aconteceu no bairro do Catolé, na Zona Sul de Campina Grande.

De acordo com o delegado Hector Azevedo, plantonista da Central de Polícia de Campina, uma mulher chegou ao órgão, em estado de choque, informando o ex-esposo estava na frente do trabalho e a ameaçando de morte.
“Ouvimos a mulher, que estava apavorada com a situação, e os agentes Fábio Augusto e Luís Pereira foram à procura do suspeito. Os policiais o encontraram na parada de ônibus portando na cintura um revólver calibre 38. Ele foi trazido para a Central de Polícia e autuado em flagrante. Na quarta (5), o homem teria efetuado dois tiros na casa da ex-esposa”, revelou o delegado.
Ainda segundo a autoridade, o bombeiro não tem autorização para portar o revólver. “Como ele não comprou que tinha o registro da arma nem a liberação, o militar foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e ameaça”, disse.
Em depoimento, segundo o delegado, o homem disse que estava tentando renegociar uma dívida financeira com a mulher e negou que tenha a ameaçado de morte da ex-companheira. Ele foi levado para o batalhão da Polícia Militar onde fica aguardando decisão judicial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário