piemonte fm

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Após definições do diretório da Capital, Maranhão comenta sobre futuro da legenda


Após definições do diretório da Capital, Maranhão comenta sobre futuro da legenda
O presidente estadual do PMDB, o senador José Maranhão comentou neste domingo (30) sobre os rumos da legenda após definição do diretório de João Pessoa que foi decretado hoje, numa convenção realizada durante o período da manhã, na sede da Asplan, na Capital.


O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) foi reconduzido para a presidência da sigla por mais dois anos. E muita polêmica alimentou esse processo eleitoral no PMDB, mas várias discussões ainda estão por vir.


Para José Maranhão "o PMDB está aberto para alianças com todas as tendências partidárias", mas vai trabalhar pela unidade partidária.


Vários representantes de outras legendas estiveram presentes no evento de hoje, deixando clara a vontade de manter um grupo de oposição ao prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), como Ruy Carneiro (presidente dos tucanos na Paraíba), o deputado estadual, líder da oposição na Assembleia Legislativa, Renato Gadelha (PSC) e o ex-deputado Leonardo Gadelha (PSC)  e vereador Raoni Mendes (PDT).


Maranhão reafirmou o compromisso de fortalecer a sigla com o lançamento de uma candidatura própria do partido nas eleições de 2016 em João Pessoa, principal colégio eleitoral do Estado. "O PMDB tem candidato sim a prefeito dessa cidade, mantendo uma tradição de postulação ".


Debandada

Se comentou sobre as ausências e possíveis desfiliações do deputado federal Veneziano Vital, dos deputados estaduais Gervásio Maia e Trócolli Júnior, do vereador Fernando Milanez e outras lideranças do partido, mas ninguém do PMDB falou sobre o tema. O desdobramento deste episódio só acontece em setembro, quando uma "janela" está programada diante da reforma política e deve beneficiar migrações de partidos sem a perda de mandatos.


Tema PSB

José Maranhão, declarou que não acredita em retaliação do governador e aliado desde o segundo turno das eleições de 2014, Ricardo Coutinho (PSB) em relação a um possível recuo em nomear o deputado Trócolli Júnior (PMDB) para uma secretaria de sua administração estadual. O fato daria espaço para a suplente de deputada, Olenka Maranhão volte para Assembleia Legislativa. O possível recuo, seria por causa da tese da candidatura própria do partido em João Pessoa.


“Eu não posso imaginar que possa ser por essa razão. Na Paraíba, nós já apoiamos o governador na Assembleia, mas não temos a equação para impor uma aliança linear em todos os municípios como o PSB”, destacou Maranhão.



PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário