piemonte fm

sábado, 27 de junho de 2015

Fábrica ilegal de armamentos é encontrada, 39 armas são apreendidas e proprietário é preso

Oficiais da Polícia Militar chegaram ao local após um homem ser preso por porte ilegal e dizer que consertaria a arma na fábrica, indicando a localização

Polícia | Em 26/06/15 às 23h47, atualizado em 27/06/15 às 00h12 | Por Gustavo Medeiros
Imagem compartilhada por WhatsApp
Armas apreendidas na operação policial
Uma fábrica ilegal de armas de fogo, que produzia e consertava armamentos de maneira artesanal, foi localizada em um sítio na Zona Rural da cidade de Queimadas, no Agreste da Paraíba, a 133 km de João Pessoa, no fim da tarde desta sexta-feira (26). Trinta e nove armas foram apreendidas e o proprietário do local, um aposentado de 72 anos, foi preso.



De acordo com o tenente Siqueira, da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar de Boqueirão, que atuou na ocorrência, os oficiais chegaram ao local após um homem ser preso por porte ilegal de arma durante a manhã. O detido disse que consertaria a arma na fábrica e indicou a localização.

“A Rotam da PM realizou rondas e conseguiu localizar o lugar indicado”, disse o tenente, acrescentando que tudo indica que o empreendimento ilegal do aposentado já deveria ser bastante conhecido pelos criminosos da região.

Das 39 armas, 33 eram de fabricação artesanal. Também foram apreendidas cinco espingardas de cartucho, com calibres variados, além de um revólver de calibre 22, 88 munições de espingardas, nove cartuchos de calibre 36, 29 de calibre 40 e cinco de 38.

Todo o material recolhido e o aposentado detido foram direcionados à delegacia de Polícia Civil de Queimadas. O preso seria autuado por porte e fabricação ilegal de armas. Ele seguia na carceragem da delegacia até o fim da noite desta sexta. As armas e munições ainda teriam o destino definido pela polícia. O local onde se encontrava a fábrica foi interditado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário