piemonte fm

terça-feira, 5 de maio de 2015

Roberto Paulino sobre RC: “Só quero que ele me deixe respirar”


Roberto Paulino sobre RC: “Só quero que ele me deixe respirar”
Após anunciar o rompimento com o governador Ricardo Coutinho, o ex-governador Roberto Paulino (PMDB) concedeu uma entrevista, na manhã desta terça-feira (05), e acabou fazendo um desabafo sobre seu novo posicionamento político, agora na oposição ao Governo.

“Ricardo Coutinho está sendo influenciado por “zenobistas-girassois” que estão perto dele, dando informações truncadas, para nos distanciar, mas eu só digo uma coisa, não tenho medo de cara feia, não tenho medo de governo nenhum, lá em Guarabira estou contra a gestão municipal e na Paraíba estou contra o estadual, mas não tenho medo, ninguém da minha família teme”, disparou.

Nesse novo momento político, Paulino disse que só quer uma coisa do governador Ricardo Coutinho – que o deixe vivo para continuar atuando na política.

“Governador, o senhor é muito poderoso, o senhor derrotou Cássio, e eu só lhe peço uma coisa, que o senhor me deixe respirar, quero apenas que o senhor me deixe respirando, que é pra eu poder fazer o que eu fiz pelo senhor. O senhor perdeu três eleições em Guarabira e ganhou apenas uma, que foi a que eu lhe apoiei”, disse.

Paulino disse que desde que aderiu ao governador Ricardo Coutinho, no 2º turno das eleições do ano passado, nunca havia pensado em se colocar no campo das oposições, porém, as circunstâncias, agora com as recentes declarações do próprio governador insinuando que o deputado Raniery Paulino estaria tentando “valorizar o passe” foram a gota dágua.

“Sei que eu vou levar cassete, mas vou resistir, porque ele pode comprar uma minoria, mas a maioria silenciosa não vai se vender ao governador, eu nunca pensei está em lado oposto a Ricardo, eu queria ter uma aliança duradoura, mas o grupo dele, de alguns oportunistas, não deixou e hoje eu posso dizer publicamente que minha família é oposição a Ricardo Coutinho”, sentenciou.

Prestes a completar 40 anos de atuação política, Roberto Paulino lembrou que, nesse período, nunca teve ânsia por ser governo, já que, deste período, 32 anos foram atuando no campo das oposições.

“Só fui governo durante oito anos, depois disso fiquei na oposição e desde então nunca tive ânsia por ser governo, eu não queria estar hoje nesse momento, porque votei em Ricardo, queria e quero que ele faça um bom governo, que atenda aos reclames da população, acredito que ele fará um governo muito melhor que o de Cássio, agora eu só que em Guarabira ele faça as obras que ele prometeu”, destacou. 


Paulino finalizou dizendo que nao se arrependia de ter apoiado o goverenador nas eleições passadas, mas lamentou que o chefe do executivo se deixe influenciar por "oportunistas".


PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário