piemonte fm

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Padre teria dito que homem estaria se passando por sacerdote no interior da PB


Rumores de que o "falso padre" estaria sendo procurado pela polícia se espalharam, mas nenhuma denúncia foi formulada na delegacia
Polícia | Em 02/04/15 às 10h21, atualizado em 02/04/15 às 10h44 | Por Redação, com colaboração da TV Web Cidade
Reprodução
Delegacia de Solânea não registrou a denúncias
Uma denúncia que teria sido feita pelo padre Geraldo Bernardi, da paróquia de Solânea (Agreste do estado, a 130 km de João Pessoa), tem causado polêmica entre os moradores da cidade. Em celebração realizada nessa quarta-feira (1º), o sacerdote teria alertado a população a respeito da ação de um homem que estaria se passando por padre e “maculando a imagem da igreja”.

Segundo informações que circulam em Solânea, o “falso padre” teria chegado à cidade há aproximadamente 15 dias. De lá para cá, o homem teria visitado fiéis e realizado pregações em residências e templos religiosos, inclusive na igreja matriz da cidade. A suposta farsa teria sido descoberta pelo pároco de Solânea, que pediu que o homem o mostrasse um documento comprovando seu sacerdócio, mas não foi atendido.
Em missa celebrada nessa quarta-feira, o padre Geraldo Bernardi teria pedido para que os católicos “tomassem cuidado e não abrissem as portas de suas casas para o falso padre”.
Boatos de que o homem estaria sendo procurado pela polícia se espalharam rapidamente na noite dessa quarta-feira, através de um aplicativo de mensagens instantâneas. Ainda conforme as mensagens, o "falso padre" seria suspeito de abusar sexualmente de crianças. Apesar dos rumores, a Polícia Civil disse, ao Portal Correio, que nenhuma denúncia foi formulada.
A reportagem tentou entrar em contato com o pároco de Solânea, mas as ligações não foram atendidas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário