piemonte fm

segunda-feira, 2 de março de 2015

Servidores da UEPB param atividades por dois dias e cobram reajuste de 8%

Aumento foi aprovado para professores e funcionários pelo Conselho Universitário (Consuni)

Emprego e Educação | Em 02/03/15 às 07h17, atualizado em 02/03/15 às 07h20 | Por Jornal Correio da Paraíba
Divulgação
UEPB
Mais de 700 servidores técnico-administrativos lotados nos oito campi da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) fazem  amanhã e quarta-feira uma paralisação de advertência. Nesses dois dias, a categoria estará mobilizada, para cobrar do Governo do Estado, o reajuste de 8% aprovado para professores e funcionários pelo Conselho Universitário (Consuni). Os professores não aderiram à paralisação. 
A data base da categoria é janeiro e a decisão de enviar a proposta de reajuste para deliberação do governador Ricardo Coutinho,  foi do próprio Consuni, que é integrado por representantes de todos os segmentos da Universidade. O chefe do executivo deve se pronunciar após decisão da Assembléia Legislativa a respeito do reajuste.  O reitor Antônio Rangel Júnior, não tinha até a última sexta-feira, sido informado de qualquer posicionamento do governador acerca do assunto. 
Em nota distribuída à imprensa, o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Superior do Estado da Paraíba (Sintespb), esclareceu que, desde a setembro de 2014, vem discutindo com a administração central da Universidade; a Comissão de Orçamento da Assembléia Legislativa; e a equipe econômica do Governo Estadual, o orçamento da UEPB para 2015. 
Leia matéria completa na edição desta segunda-feira (2) do jornal Correio da Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário