piemonte fm

quarta-feira, 25 de março de 2015

Mulher é presa na Paraíba suspeita de ocultação de cadáver no Rio de Janeiro

Suspeita estava foragida da Justiça e seu paradeiro só foi descoberto porque ela se desentendeu com uma mulher e o caso foi parar na delegacia, onde agentes constataram um mandato de prisão em aberto

Polícia | Em 24/03/15 às 21h21, atualizado em 24/03/15 às 21h17 | Por Halan Azevedo
Divulgação
Polícia Civil da Paraíba
Uma mulher suspeita de participação em uma ocultação de cadáver no estado do Rio de Janeiro foi presa no último sábado (21) no município de São João do Cariri, no Cariri paraibano, a 224 km de João Pessoa. A mulher estava foragida da justiça e, após uma briga, foi parar na delegacia, onde constataram que havia um mandato de prisão em aberto contra a suspeita.


A ocultação de cadáver teria ocorrido em 2014. Segundo o agente Sandro, da Delegacia de Polícia Civil de São João do Cariri, a prisão ocorreu após um desentendimento entre a suspeita e uma amiga, onde o caso foi parar na delegacia. 

“Houve essa briga e o caso veio aqui para a delegacia. Averiguamos e liberamos as duas. Depois, no levantamento das fichas, descobrimos um mandato de prisão contra a suspeita por um crime de ocultação de cadáver no Rio de Janeiro. Fomos em busca e realizamos a prisão da suspeita”, afirmou o agente.

A mulher esta presa na cadeia pública de São João do Cariri, mas teve a transferência para João Pessoa, Campina Grande ou para o Rio de Janeiro solicitada.

“Foi pedido para que o juiz local desse a transferência urgente da suspeita para um local mais apropriado, já que nossa cadeia não tem estrutura. Ela deve ser encaminhada para a Capital, Campina Grande ou até pra o Rio, onde cometeu o crime”, concluiu o agente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário