piemonte fm

segunda-feira, 23 de março de 2015

BATEU LEVOU: Adriano Galdino rebate Cássio que questiona demora do TRE em julgar ações contra RC


BATEU LEVOU: Adriano Galdino rebate Cássio que questiona demora do TRE em julgar ações contra RC
Em entrevista que repercutiu nas emissoras de rádio de Campina Grande, presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) rebateu as críticas do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com relação a demora no julgamento das ações contra o governador Ricardo Coutinho pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE/PB). Na semana passada, o tucano pôs sob suspeita a demora do julgamento porque o filho do presidente do TRE, desembargador João Alves da Silva, foi nomeado como procurador da ALPB.

Em reação as declarações de Cássio, observou que o fato do procurador da ALPB ser filho do presidente do TRE, é algo menor se comparado com a capacidade dele.

-  Até que ponto o filho de um deputado, prefeito ou desembargador não pode assumir cargo público? Eu acho que se Cássio tivesse criticado se o rapaz não teria condições técnicas e capacidade intelectual para assumir o cargo eu até aceitaria – defendeu. Adriano afirmou que era preciso haver coerência na crítica e nas ações, pois segundo ele, quando Cássio era governador indicou parentes para o Tribunal de Contas do Estado.

- O fato de ser parente não tira o mérito de ninguém, até porque quando Cássio era governador andou indicando para o TCE alguns parentes. Então não é por aí que o bombo bate. Precisamos ser coerentes – afirmou.

O presidente da Casa de Epitácio Pessoa, disse ainda que nomeou um advogado competente e carismático que tem larga folha de serviços prestados na advocacia paraibana.

Redação  

Nenhum comentário:

Postar um comentário