piemonte fm

terça-feira, 31 de março de 2015

Ambulância do Samu na Paraíba é flagrada levando moto e maca é usada como rampa


Assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde de Campina Grande disse que estava sabendo do vídeo e uma nota será divulgada sobre o posicionamento do governo municipal
Saúde | Em 31/03/15 às 09h48, atualizado em 31/03/15 às 11h35 | Por Hyldo Pereira
Reprodução
Maca é usada como rampa para retirar moto
Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), administrada pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, a 118 km de João Pessoa, foi flagrada por um cinegrafista amador transportando uma moto e a maca da unidade foi feita de rampa de acesso para o veículo. O caso teria acontecido nessa segunda-feira (30). (veja abaixo o vídeo com o flagrante).
As imagens foram feitas na rua João Suassuna, no Centro de Campina Grande. No vídeo é possível ver quando o veículo de transporte de pacientes para em frente a uma oficina e um dos servidores do Samu abre a porta traseira da ambulância e retira uma motocicleta. A moto, chamada de ‘motolância’, pertence ao Samu e também é utilizada no socorro às vítimas.

Conforme a equipe de reportagem da TV Correio HD, na rua funciona diversas oficinas de conserto e venda de peças para motos. O dono do estabelecimento para onde a motolância foi levada para revisão não quis falar sobre o assunto. O Samu de Campina Grande possui dez ambulâncias e três motolâncias em funcionamento, além de unidades para reserva técnica.
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande, a ambulância que aparece no vídeo não estava mais sendo utilizada para atendimentos e a sua substituição já havia sido solicitada ao Ministério da Saúde, conforme assegura a Portaria Nº 356/2013. A unidade móvel também já está em processo de descaracterização da padronização visual do SAMU 192. No entanto, mesmo nesta situação, a ambulância não deveria ser utilizada para realizar este tipo de transporte, pois a Secretaria de Saúde dispõe de serviço especializado para remoção de veículos em manutenção.
Ainda segundo a nota oficial, a maca que aparece no vídeo, sendo utilizada na remoção da motolância é de madeira e não faz parte da linha de equipamentos médicos para tal finalidade em uso atualmente pelo SAMU 192 de Campina Grande, que são feitos de polipropileno. Devido ao procedimento irregular adotado neste caso, a Secretaria Municipal de Saúde vai abrir processo administrativo para averiguar responsabilidades e punir os envolvidos no caso. A Secretaria de Saúde assegura ainda que qualquer postura de desvirtuamento da missão do SAMU 192 não condiz com as diretrizes da gestão municipal.

Veja o vídeo com o flagrante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário